37.751, -97.822
  • INDAIATUBA

    02 e 03 de Novembro

    Indaiatuba

    Indaiatuba – SP

    -23.112450, -47.216160 Inscreva-se Saiba Mais
  • BUZIOS

    30 de novembro e 01 de dezembro

    Búzios

    Armação dos Búzios – RJ

    -22.752792, -41.884151 Inscreva-se Saiba Mais
  • COSTA VERDE

    9 e 10 de Fevereiro

    Costa Verde

    Mangaratiba - RJ

    Resultados Inscreva-se Saiba Mais
  • BRAZIL

    11 e 12 de Maio

    BRAZIL

    Ilhabela – SP

    Resultados Inscreva-se Saiba Mais
  • OURO PRETO

    01 e 02 de Junho

    OURO PRETO

    Ouro Preto – MG

    Resultados Inscreva-se Saiba Mais
  • PRAIA DO FORTE

    08 e 09 de Junho

    Praia do Forte

    Mata do São João – BA

    Resultados Inscreva-se Saiba Mais
  • AGULHAS NEGRAS

    13 e 14 de Julho

    Agulhas Negras

    Visconde de Mauá - Resende/RJ

    Resultados Trail Run Inscreva-se Saiba Mais
  • ITAIPAVA

    24 e 25 de agosto

    Itaipava

    Petrópolis– RJ

    Resultados Increva-se Saiba Mais
  • ESTRADA REAL

    28 e 29 de setembro

    Estrada Real

    Tiradentes – MG

    Resultados Inscreva-se Saiba Mais
  • ILHA GRANDE

    05 e 06 de Outubro

    Ilha Grande

    Angra dos Reis – RJ

    Resultados Inscreva-se Saiba Mais
  • x
  • Descontos
  • Cadastro feito com sucesso!

    OK
    x

    Cadastre-se e fique
    por dentro do mundo XTERRA!

    Quais as suas modalidades de interesse?

    x

    Fale conosco!

    Sua mensagem foi enviada com sucesso!

    Quatro motivos para se inscrever no XTERRA Endurance (50K) 2019

    Para os amantes de trail runs o XTERRA sempre aparece como preferência nacional. O maior evento esportivo off-road do mundo oferece provas desafiadoras de curta, média e longa distâncias há mais de uma década, sempre em locais privilegiados. A novidade em 2018, porém, foi no número de edições com o Endurance (50km), que foi disputado apenas na etapa de Tiradentes, na tradicional XTERRA Estrada Real. Para 2019, o formato foi mantido e a modalidade só ocorrerá em 28 de setembro, na mesma etapa.

     

    Apesar da alteração, a organização do evento só pensou em valorizar a modalidade, torná-la ainda mais disputada e motivar seus competidores. “Com etapa única o foco fica exclusivo. Gera uma espera boa e aquele sentimento de que não tem como deixar de ir. O XTERRA quer prestigiar ainda mais o Endurance e por isso haverá premiação em dinheiro para os primeiros colocados masculinos e femininos. Queremos engrandecer a prova, atribuir valor e isso irá gerar procura de novos atletas também. As mudanças sempre são previstas buscando a perfeição”, explica Gabriela Corrêa, gerente do XTERRA no Brasil.

     

    Com base em tudo isso, listamos quatro motivos para você se inscrever no Endurance no XTERRA Estrada Real 2019. Confira!

     

    1. Premiação em dinheiro;

    Será a segunda vez na história que a modalidade terá uma recompensa financeira para os três primeiros colocados entre os homens e as mulheres. Os primeiros receberão R$ 1.400,00 + troféu, os segundos R$ 900,00 + troféu e os terceiros ganharão R$ 500,00 + troféu. Os quartos e quintos colocados terão troféus também.

     

    1. Chance única no ano;

    Em 2019 o Endurance só existirá no XTERRA Estrada Real, em Tiradentes. Ou seja, será “one shot”, uma única oportunidade de aproveitar as emoções e a intensidade da corrida na temporada. Depois disso, só em 2020.

     

    1. Competitividade extrema;
      Acontecendo apenas uma vez e com boa premiação em jogo, é certeza que o Endurance 2019 terá um alto nível de competitividade durante todos os 50 km do percurso. Todos os inscritos estarão com “sangue nos olhos” e muito bem preparados fisicamente.

    2. Turismo em Tiradentes;

    Terra da Inconfidência Mineira, a cidade de Tiradentes é uma das mais visitadas de Minas Gerais por turistas de todo o mundo. Com toda sua importância histórica e com a arquitetura colonial preservada, a cidade tem todo um charme remanescente do século XVIII, que faz valer a visita do início ao fim. O XTERRA te dá a oportunidade de conhecer a bela região rica em artesanato em madeira, pedra sabão, folha de flandres e prata de boa qualidade.

     

    A multicampeã Rosália Camargo, integrante do Hall da Fama XTERRA

     

     

    Para Rosália Camargo, maior vencedora do Endurance na história do XTERRA, a presença em Tiradentes já está confirmada. “Vou incluir em meu calendário de provas de 2019 já. Não consegui ir ano passado, mas desde 2011 é assim e agora não será diferente. Dessa vez terão prêmios em dinheiro em apenas uma etapa, a mais querida e desafiadora de todas que já estive até hoje, então é uma boa oportunidade para ninguém ficar de fora”, confessa.

    Vencedora do Endurance 2018 relembra prova e elogia Rosália Camargo

    Ana Silveira brilhou em sua estreia nos 50k em Tiradentes

     

    A prova Endurance do XTERRA é a mais desafiadora das modalidades do evento. Em 2018, com o novo formato estabelecido pela organização, os 50k passaram a ser ainda mais especiais, já que só ocorrem em um momento do calendário, na clássica etapa XTERRA Estrada Real, em Tiradentes. Mais de 170 guerreiros enfrentaram o desafio, que passou por montanhas, pedras, gramas, estradas e lama. Os vencedores foram Mércio Ferreira e Ana Silveira.

     

    Nascida e criada em Niterói, região Fluminense do estado do Rio de Janeiro, Ana Silveira, que treina diariamente com a equipe Torres Trail Run, aventurou-se pela primeira vez em um Endurance e não se arrependeu: “Eu tinha participado de trail runs do XTERRA em 2015, 2016 e 2017, então já conhecia bem e estava me preparando. Sempre quis fazer o Endurance porque é uma referência para os atletas que desejam aumentar distâncias. Agora estou na torcida para que a prova ocorra mais vezes no ano, em Costa Verde, Ilhabela e Tiradentes mesmo, as cidades são maravilhosas para ir com a família e os percursos são perfeitos”, cobiça Ana, de 33 anos.

     

    A corredora comentou também sobre a sua performance brilhante (chegou 50 minutos à frente da segunda colocada), revelou a meta individual e uma inspiração famosa. “A prova foi exatamente como planejei, eu queria completá-la abaixo de 5 horas e terminei em 4h51min. As dificuldades mesmo foram os trechos que corri sozinha, sem companhia de outras competidoras, aquilo foi um trabalho mental. Porém duas semanas depois do XTERRA Estrada Real eu fiz uma maratona trail com a Rosália (Rosália Camargo, maior vencedora da história do Endurance com 13 vitórias e integrante do Hall da Fama XTERRA) e aprendi muita coisa nos poucos trechos em que corremos juntas. Ela é certamente uma grande referência no esporte, principalmente para nós mulheres. Ela é forte mentalmente e pequena só no tamanho”, elogiou Ana Silveira.

     

    A baixinha Ana no lugar mais alto do pódio em Estrada Real 2018. Foto: Bruno Meneghitti

     

    Com um triunfo em uma tentativa nos 50k do XTERRA, é natural que Ana esteja presente também na etapa XTERRA Estrada Real 2019, em 28 de setembro, defendendo seu título. Questionada sobre a possível participação, a carioca não teve dúvidas: “Pretendo ir na próxima edição, claro”, afirmou.

    “Treino de luxo” para o XTERRA Endurance 2018

    Visando aprimorar seu condicionamento físico para etapa de Tiradentes em setembro, Pedro Crespo se inscreve em duas Half Trail Runs anteriores

     

    Uma das modalidades consideradas mais extremistas do circuito XTERRA é a Endurance, uma corrida de 50 km e percurso desafiador passando por estradas, pedras, subidas, rios, poças de lama, gramados, etc. Tanta adversidade soa apenas como diversão para o carioca Pedro Crespo, de 23 anos, que não se assusta com os percalços e busca exatamente chegar ao limite do cansaço e desenvolver ao máximo o seu nível de corredor.

     

    Em 2018 haverá apenas uma edição do Endurance, na clássica e histórica cidade de Tiradentes, em Minas Gerais. O XTERRA Estrada Real promete aumentar a competitividade da prova, já que além de ser única, também dará premiação em dinheiro pela primeira vez. A mudança serviu para motivar os competidores que adiavam suas participações, já que a próxima oportunidade será somente em 2019.

     

    Foi pensando desta forma que Pedro não hesitou na atual temporada. “Ano passado corri os 21km de Costa Verde, mas me encantei com o Endurance. Ainda não tinha a coragem de me inscrever, mas comecei a me preparar para 2018 e aí vi que só teria uma, então não tive como pensar duas vezes. Estou inscrito e meu principal objetivo será realizar uma boa prova, do início ao fim. Meu treinador diz que o pior da competição são os treinamentos e que o segredo da corrida é manter a sequência e a constância, então estou determinado a evoluir cada vez mais para buscar uma boa colocação na faixa etária primeiramente. No geral, em breve, por que não? Surpresas boas são sempre bem-vindas”, cogita o estudante de História pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

     

    Além dos 50 km, o carioca se inscreveu em outras duas etapas, que servirão de treino para o seu real objetivo e nova paixão. “Vai ser um desafio grande! Se uma maratona no asfalto já é sofrida, imagina uma ultramaratona nas montanhas? Deve ser coisa de louco, e é desse tipo de loucura que tiro minha motivação. A força e a resistência que a prova exige é triplicada, é evidente que os atletas do Endurance são diferenciados, até psicologicamente, pois é preciso saber suportar e se acostumar com a dor. Por tudo isso vou fazer também as Half Trail Runs do XTERRA Camp Ouro Preto e do XTERRA Lagoa dos Ingleses, pois me darão um preparo maior, vou me acostumar melhor com esse tipo de prova”, afirma.

     

    Nascido em Niterói e morando no Rio de Janeiro há 5 anos, Pedro Crespo faz questão de mencionar a importância de seu treinador, que é também seu pai, Pedro Lima, o popular Professor Pedrinho. “Meu pai é ex-atleta, professor de educação física há mais de 25 anos no complexo da Maré e meu maior exemplo, ao lado da minha mãe. Ele foi maratonista profissional. Então, desde criança, nossa casa era um dos pontos de encontro para o famoso ‘longão’ de domingo. Já naquela época eu convivia com atletas jovens e que, hoje em dia, são tops nas provas de montanha e cabeças no XTERRA, como o Marcinho e o Gleiciomar”, revela Pedro, citando os últimos campeões do ranking Endurance do XTERRA, Márcio Souza (campeão em 2015 e 2017) e Gleiciomar Pereira (campeão em 2016).

     

    Pedro ao lado do pai, mentor e treinador, Professor Pedrinho

     

    Apesar da experiência em maratonas, corridas de rua e de ter incentivo para correr desde a infância, Pedro só participou do XTERRA pela primeira vez em 2017, onde pôde vivenciar todas as fases do festival. “Adorei a etapa em que participei, foi um cenário de matas, praias e rios que criaram uma atmosfera bastante agradável. O evento como um todo é bacana, pois a energia é muito latente, é palpável o clima de ansiedade e apreensão por parte dos atletas antes das largadas. Só tenho elogios, tudo é bem sinalizado, um pós-prova que acolhe bem seus competidores, a hidratação crucial, a premiação, tudo ótimo”, afirmou.

     

    O XTERRA Estrada Real acontece em 29 e 30 de setembro, em Tiradentes. As inscrições para o Endurance e para outras modalidades já estão abertas e podem ser realizadas através do link https://goo.gl/CMYf5w.

    XTERRA Estrada Real 2017: dois dias de competições emocionantes

    Lotado, festival de esportes off-road voltou a ter Rosália Camargo e Isabella Ribeiro como campeãs e surpreendeu em modalidades masculinas

    As Night Runs iluminaram a bela cidade de Tiradentes com as milhares de lanternas dos competidores

    A principal etapa do XTERRA Brazil aconteceu neste fim de semana. O XTERRA Estrada Real, patrocinado pelo SESI FIEMG, na histórica cidade de Tiradentes, em Minas Gerais, foi marcado pela chuva e voltou a bater recordes de inscrições, com cerca de 4.500 atletas distribuídos nas oito modalidades. A Endurance (50 km), com 250 competidores, foi uma das maiores da história do evento em território nacional e contou, inclusive, com a oração do combatente da montanha, que foi comandada pelo cabo Laurent, do 11° Batalhão de Infantaria de Montanha. A tradicional buzina de largada foi substituída por tiros (ao céu) de fuzil do militar e ajudou a animar ainda mais o público e os competidores.
    No primeiro dia de competições, as sempre favoritas Rosália Camargo e Isabella Ribeiro voltaram a dominar suas respectivas provas, Endurance e Duathlon. Com mais esta conquista, a 13° no XTERRA, Rosália garantiu o título do ranking anual, enquanto a mineira Isabella ainda segue travando um duelo emocionante, prova a prova, com a paulista Sabrina Gobbo, que terminou em segundo lugar em Tiradentes.

    Isabella Ribeiro deu um sorriso aliviado em sua linha de chegada

    Entre os homens o inesperado aconteceu. Campeão do ranking de 2016 sem vencer nenhuma etapa, Gleiciomar dos Santos conquistou sua primeira vitória no XTERRA Endurance, superando favoritos. Após um período de inatividade, o atleta voltou bem, mas não conseguirá repetir o feito da última temporada, pois Márcio Souza chegou na quarta colocação da prova e confirmou o título do ranking 2017. Tales Camargo – o único com chances matemáticas de superar Marcinho – desistiu da prova por contusão.

    Gleiciomar e toda a sua emoção verdadeira ao saber que foi o vencedor

    “Tive um problema na panturrilha e fiquei muito tempo sem poder correr oficialmente. Vim para Tiradentes querendo vencer, claro, mas não esperava. Ano passado fui o líder do ranking, mas havia chegado sempre em segundo lugar. Venci pela primeira vez agora e por isso chorei demais na chegada, a emoção foi grande, lembrei das minhas filhas e as dedico essa vitória, inclusive. Ano que vem quero voltar mais forte e reconquistar o topo do ranking, livre de lesões. O XTERRA está de parabéns por tudo! ” Exclamou Gleiciomar dos Santos.
    No Duathlon masculino, o vencedor também foi inédito no XTERRA Brazil. Sérgio Henrique Pereira desbancou os “cascas-grossas” Marcello Sebastião e Diogo Malagon e mostrou-se surpreso com o resultado. “O Marcello Sebastião estava bem à frente, mas ele cometeu um erro no circuito da bike e abriu uma brecha para os outros. Eu aproveitei melhor, apesar da dificuldade com a chuva, e ganhei. Não esperava vencer e, principalmente, não esperava o equívoco do Marcello”, declarou o atleta de 29 anos de idade. 
     
    MTB Cup Sport, Cup Pro e Enduro
    No segundo dia do XTERRA Estrada Real foi a vez dos mountain bikers mostrarem suas habilidades. No MTB Cup Sport (36,2 km) os vencedores foram Erick Eduardo de Resende e Camila de Oliveira, mas o destaque foi na prova Cup Pro (42,4 km), que mais uma vez, teve os irmãos Carlos Alberto Olimpio e Karen Olimpio dominando do início ao fim. Residentes em Tiradentes, campeões admitem que conhecer o terreno faz a diferença, mas também lembram de todo o empenho.
    “Conheço bem o percurso, a estrada, o tipo de solo e isso me dá uma vantagem, claro. Mas os treinamentos são diários e muito duros, então é o que me deixa mais competitivo a cada dia”, garantiu Carlos Alberto, enquanto sua irmã Karen, fez referência ao momento família. “Foi especial, a mãe na Short Trail Run por diversão, a outra irmã (Kelly) em terceiro no Duathlon, o pai venceu na faixa etária dele no MTB e essa dobradinha dos irmãos para encerrar. Foi um evento sensacional para todos nós”, disse.
    A modalidade mais veloz e mais demorada do XTERRA, a Enduro, reservou grandes performances dos atletas. Durante os dois dias do festival, os ciclistas desta prova tiveram que superar limites para conseguirem realizar os deslocamentos nos tempos limites e abusarem da técnica para pedalar em dois climas e solos diferentes. No sábado a chuva, a temperatura mais baixa, os ventos “cortantes” e o solo enlameado, no domingo o sol escaldante, as bikes mais pesadas com a lama grudada nos pneus e o desgaste ainda maior. A “fera” Leonardo Mattioli venceu sua segunda etapa seguida e se consagrou na cidade em que havia perdido em 2016. Entre as mulheres, Patrícia Loureiro superou Lucy Onodera e Suelen Couto.

    A prova de Enduro reuniu atletas de várias idades e cidades

    Todos os resultados podem ser conferidos no link https://goo.gl/SgFejL.
    A próxima edição do XTERRA Brazil Tour 2017 será o Camp Paraná, nos dias 14 e 15 de outubro. Em seguida, nos dias 28 e 29 do mesmo mês é a vez de mais uma bela etapa XTERRA Ilhabela, em São Paulo.

    MENU