39.0481, -77.4728
  • 20 e 21 de outubro

    Camp Praia do Rosa

    Imbituba – SC

    -28.226547, -48.668486 Inscreva-se Saiba Mais
  • 10 e 11 de novembro

    Camp Ilha do Mel

    Ilha do Mel – PR

    -25.517005, -48.334969 Inscreva-se Saiba Mais
  • 01 e 02 de dezembro

    PARATY

    Paraty - RJ

    -23.212859, -44.711337 Inscreva-se Saiba Mais
  • 9 e 10 de Fevereiro

    Costa Verde 2019

    Mangaratiba - RJ

    -22.949793, -44.074256 Inscreva-se Saiba Mais
  • x
  • Descontos
  • Cadastro feito com sucesso!

    OK
    x

    Cadastre-se e fique
    por dentro do mundo XTERRA!

    Quais as suas modalidades de interesse?

    x

    Fale conosco!

    Sua mensagem foi enviada com sucesso!

    Corredora de obstáculos supera lesão e quedas para completar o seu primeiro Triathlon XTERRA

    Vanessa passou por dificuldades em sua primeira prova de Triathlon, mas comemorou por ter se divertido tanto

    O circuito XTERRA também chama a atenção de atletas que não são originalmente de modalidades off-road. Além dos triatletas de asfalto que disputaram a etapa Brazil, o evento recebeu a corredora de obstáculos Vanessa Teixeira, de 36 anos. A atleta se aventurou no Triathlon e disse que apenas uma palavra pode descrever a sua prova: superação.
    Depois de romper os ligamentos do tornozelo, em dezembro de 2017, e passar por uma fisioterapia intensiva, a paulista de Alphaville chegou em Ilhabela sem saber o que esperar. E o percurso não foi bonzinho com ela. Durante a etapa da bike, a atleta caiu no mesmo tornozelo que estava machucado. “Achei que eu fosse  entregar a prova ali, que fosse ir embora de ambulância. Eu não tava acreditando!”
    Mas a paulista não desistiu. “Fiquei lá um tempo, chorando. Eu tava com muita dor. Foi aí que eu decidi ir caminhando devagar com a bike. A cada passo a dor foi melhorando, aos poucos. Chegando na transição, eu encontrei uma força que não sei de onde eu tirei, e fui! Andei quase o percurso inteiro.”

    Vanessa Teixeira

    Mesmo terminando a prova com dor, a atleta garante que não se arrepende e que o XTERRA tem uma energia única. “Valeu muito a pena! Atravessar a linha de chegada foi uma emoção imensa. Eu estou muito feliz que eu consegui! E o cenário da montanha, do mar… o que foi aquilo? Uma das melhores sensações da minha vida.” E ela garante que não pára mais “Depois que eu me recuperar, eu não vou parar não! Quero fazer outras provas.”

    XTERRA Pan American Tour 2018

    A série de 12 paradas para atletas amadores e profissionais começa no dia 18 de março no XTERRA Chile e termina em 15 de setembro com o XTERRA em Ogden, Utah. Entre eles estão dois maiores nos EUA, dois no Canadá e um na Argentina, Costa Rica, Uruguai, Brasil, México e República Dominicana.
    O XTERRA Pan-American Tour 2018 contará com eventos de nível Ouro e Prata, onde os eventos Gold concedem pontos em uma base de 100 pontos e as corridas Prata concedem pontos em uma base de 75 pontos.
    Calendário XTERRA Pan American Tour 2018:
    18/03 – XTERRA Chile;
    24/03 – XTERRA Argentina;
    25/03 – XTERRA Costa Rica;
    06/05 – XTERRA Uruguai;
    12/05 – XTERRA Brazil;
    19/05 – XTERRA Oak Mountain State Park, Alabama – EUA;
    02/06 – XTERRA República Dominicana;
    08/07 – XTERRA Victoria, Canadá;
    21/07 – XTERRA Beaver Creek, Colorado – EUA;
    04/08 – XTERRA México;
    18/08 – XTERRA Quebec, Canadá;
    15/09 – XTERRA Utah, EUA;
    PRÊMIO PRO
    Todas as corridas de nível Ouro pagarão o equivalente a US $ 15.000 em euros. Corridas de nível de prata vão pagar um mínimo de US $ 7.500. A corrida XTERRA Pan America Championship em Utah oferecerá US $ 20.000 pela corrida e distribuirá um prêmio adicional de US $ 60.000 para os 10 melhores homens e mulheres no ranking final do XTERRA Pan Am Pro Series.
    AMADORES TAMBÉM TERÃO ENTRADA NO MUNDIAL XTERRA
    Atletas amadores competirão contra rivais de divisão para garantir um lugar no Campeonato Mundial de XTERRA, realizado todos os anos em Maui, no Havaí. 51 vagas classificatórias concedidas em cada um dos eventos do nível XTERRA Gold. Haverá um máximo de 26 vagas qualificatórias concedidas no nível Silver XTERRA.

    XTERRA Camp Juiz de Fora – Etapa Cancelada

    Atletas XTERRA, por motivos burocráticos e de legalização do local no qual aconteceria o evento, informamos que a etapa XTERRA CAMP Juiz de Fora, a ser realizada nos dias 11 e 12 de novembro, em Juiz de Fora/ MG, com co-organização da VidAtiva Consultoria Esportiva, foi cancelada.
    Todos os atletas que realizaram sua inscrição via cartão de crédito terão o seu reembolso de 100% do valor de maneira automática, e no prazo de 15 dias virá descrito em sua fatura. Os atletas que se inscreveram via boleto bancário receberão contato da nossa equipe de SAC para prosseguirem com o reembolso total.
    Qualquer dúvida, podem entrar em contato com nosso SAC, especialmente pelo email cancelamentos@xterrabrasil.com.br .
    Atenção aos atletas que estão na batalha pelo Ranking XTERRA 2017: em razão do cancelamento desta etapa o regulamento sofrerá alterações. Confira aqui, a partir de 23 de outubro, http://xterrabrasil.com.br/tour-2017/ranking
    Pedimos desculpas a todos os atletas, amigos, familiares e patrocinadores que estavam se planejando para o XTERRA CAMP Juiz de Fora, agradecemos a compreensão e esperamos encontrá-los em breve em nossas etapas.
    Atenciosamente,
    Equipe XTERRA Brazil Tour.

    Dica Exceed: como deve ser a alimentação antes de uma competição?

    dicaexceed_2Os 2 a 3 dias que antecedem uma competição são muito importantes para abastecer nossas reservas de glicogênico (forma de armazenamento de glicose no músculo e fígado), que é a principal fonte de energia usada durante os treinos e provas.

    É importante que esses carboidratos venham de fontes que não contém fibras, pois ao deixar de consumir esse nutriente, diminuímos a motilidade gástrica prevenindo que haja qualquer problema durante a prova. Na noite anterior à competição, a refeição deve conter basicamente carboidratos (cerca de 70 a 80%), associada à proteína magra e de mais fácil digestão, como frango e peixes, por exemplo. É aconselhável evitar fontes de gordura. Uma dica muito importante é não fazer essa refeição fora de casa, para evitar qualquer contaminação e é ideal saber exatamente como e com quais ingredientes ela foi preparada.
    E por último, uma das orientações mais indispensáveis é nunca tentar nada novo no dia da prova. Tudo deve ser testado nos treinos, inclusive a hidratação, e o que der mais certo, ser repetido na competição. Procure sempre um nutricionista para uma melhor e mais individualizada estratégia e plano alimentar.

    XTERRA Rota Imperial leva família nordestina ao Espírito Santo

    Etapa, que acontece no fim de agosto na região de Pedra Azul, será palco de comemoração de namoro de casal natalense

    A família Gurgel reunidaA família Gurgel mora em Natal, porém, amante de esportes off-road, não mediu esforços para participar do XTERRA Rota Imperial- ES

    Nos próximos dias 26 e 27 de agosto a encantadora região de Pedra Azul, localizada no Espírito Santo, será a sede da sétima edição do XTERRA no Brasil em 2017. Considerado o maior festival de esportes off-road do mundo, o evento reunirá milhares de atletas amadores e experts para um final de semana inteiro de pura adrenalina e belas paisagens, competindo nas modalidades XTERRA Duathlon, Trail Run (21km), Night Run (6km), Endurance (54km), MTB Cup Pro (54 km) e MTB Cup Sport (27 km), além da prova XTERRA Kids, para crianças de 1 a 13 anos de idade. As inscrições podem ser feitas através do link https://goo.gl/jZwSnN.
    Entre os mais de 1.000 competidores inscritos, está o casal Gurgel, composto por Thiago (36) e Camilla (34), que irá participar da modalidade Short Night Run (6 km). Casados há sete anos e prestes a completarem 14 de namoro, os atletas são acostumados a praticar esportes na natureza, tendo inclusive se conhecido na praia de Búzios, em Natal, em 2003. Nem mesmo a distância de 2.000 km entre a capital potiguar até o local das provas foi capaz de deter o interesse de ambos pela etapa na região de Pedra Azul.
    “Nós já moramos em Vitória há alguns anos, então a gente conhece um pouco. Já chegamos a fazer trilha em Pedra Azul e é, sem dúvidas, um dos lugares mais lindos que já vi. O Thiago deu a ideia de irmos competir no XTERRA de lá e não pensei duas vezes”, afirma a engenheira química Camilla, que aproveita para revelar também uma comemoração especial e a participação em casa, na etapa de Parnamirim, no Rio Grande do Norte, em 2 de setembro. “Em setembro vamos completar 14 anos de namoro e participar de duas edições seguidas de um evento tão grandioso será o presente que estamos nos dando”, diz.
    O XTERRA mostra que é mais que uma competição esportiva, é uma opção de lazer e saúde para toda a família. Além de Thiago e Camilla, o filho Guilherme Gurgel, de apenas cinco anos, viajará com os pais para desfrutar da diversão e claro, correr na modalidade kids do evento. “É uma viagem imperdível, um cenário paradisíaco e desde pequeno ele já está se habituando ao mundo das corridas, pois é saudável e gostoso demais. O pai dele só não é um atleta de elite porque sofre de canelite (inflamação do principal osso da canela ou tendões e músculos que o cercam). Vai que o Guilherme consegue ingressar nessa vida”, comenta Camilla, com muito bom humor.
    Camilla e o filho Guilherme em ação durante um treino

    Guilherme Gurgel em ação com a mamãe Camilla durante um treinamento em terra potiguar

    XTERRA Rota Imperial – ES
    Data: 26 e 27 de agosto – Temporada 2017
    Local: Pedra Azul – Domingos Martins (ES)
    Inscrições: https://goo.gl/jZwSnN
    Cronograma: http://xterrabrasil.com.br/tour-2017/wp-content/uploads/2017/06/17_05_XTERRA_CRONOGRAMA_ROTA-IMPERIAL_06-06.pdf
     

    Espírito Santo recebe XTERRA Rota Imperial entre os dias 26 e 27 agosto

    XTERRA_MR_0645
    Etapa, conhecida pelo lindo cenário, será disputada na região de Pedra Azul, no município de Domingos Martins. Ao todo, serão seis provas mais a corrida kids.
    Depois de passar por Minas Gerais, São Paulo e Bahia, o XTERRA Brazil segue viajando ao redor do país levando o que há de melhor nos esportes off-road. Com muitas novidades para a temporada 2017, o evento vem explorando lugares paradisíacos e proporcionando aos seus competidores oportunidades únicas. Entre os dias 26 e 27 de agosto, o destino será a região de Pedra Azul, no Espírito Santo, onde será realizada a etapa Rota Imperial.
    Para a sétima edição do evento em 2017, estão programadas seis provas, além da corrida kids, desenvolvida exclusivamente para crianças de 1 a 13 anos de idade. Um dos carros-chefes do festival, o XTERRA Duathlon tem lugar garantido na etapa, bem como o XTERRA Half Trail Run, XTERRA Short Night Run, XTERRA Endurance 50km, XTERRA MTB Cup Pro e XTERRA MTB Cup Sport.
    O XTERRA Brazil Tour, que tem 12 edições planejadas para esta temporada e é apresentado pelo SESI, iniciou suas atividades em 2017 na cidade de Conceição do Ibitipoca, interior de Minas Gerais, no mês de março. Em abril, passou por Ipatinga (MG) e Barra Grande (BA). No mês passado, foi a vez da cidade de Ilhabela receber a etapa Brazil, principal edição do ano. Os interessados em competir na etapa Pedra Azul devem efetuar suas inscrições neste link: https://www.x3mbrasil.com/inscricao/inscricoes/xterra-rota-imperial-2017
    Muito atletas de ponta estiveram e estarão no Espírito Santos para fazer mais uma grande festa dos esportes outdoor. Com anos de experiência no XTERRA Brazil Tour, Frederico Zacharias é uma das grandes referências do evento e faz questão de chancelar mais esta prova na região de Pedra Azul.
    “Depois da minha estreia no XTERRA Brazil Tour em Ilhabela, a prova de Pedra Azul foi a que mais me surpreendeu. Primeiro pela beleza do local, mas principalmente pela dificuldade do percurso que, na minha opinião, foi o mais exigente até hoje em todo o circuito. Esta é uma etapa obrigatória para quem quer desafiar o seu próprio limite”, comentou.

    XTERRA Rota Imperial

    Data: 26 e 27 de agosto – Temporada 2017
    Local: Pedra Azul – Domingo Martins (ES)
    Inscrições: https://www.x3mbrasil.com/inscricao/inscricoes/xterra-rota-imperial-2017

    XTERRA Costa Verde irá celebrar amor aos esportes off-road e o Dia dos Pais, em agosto

    16_XTERRA_COSTA_VERDE_SABADO_TRIATHLON (113)A cidade de Mangaratiba, situada a cerca de 85 quilômetros da capital Rio de Janeiro, recebe entre os dias 12 e 13 de agosto mais uma edição do XTERRA Brazil Tour. A etapa Costa Verde contará com muitas novidades e um cenário único. Entre as modalidades programadas para uma das mais movimentadas edições do circuito, estão: Night Short XTERRA, XTERRA Half Trail Run, XTERRA Short Trail Run, XTERRA Night Swim Challenge 1,5km /3km, XTERRA Endurance 50km, XTERRA MTB Cup XCO Pro e XTERRA Kids.
    A etapa Costa Verde 2017 terá, ainda, uma particularidade. O evento, que é dividido em dois dias (sábado e domingo), terá algumas provas sendo disputada no Dia dos Pais. Esta será uma excelente oportunidade para atletas e familiares prestigiarem mais uma edição do XTERRA Brazil Tour com muita alegria, disposição e harmonia. Além dos competidores do XTERRA MTB Cup XCO Pro, os pais terão a oportunidade de assistir, no dia 13 de agosto, o início da trajetória esportiva de seus filhos no XTERRA Kids, prova desenvolvida exclusivamente crianças de 1 a 13 anos.
    Em 2016, o XTERRA Costa Verde foi contemplada por dias lindos e presença de grande público. Centenas de pessoas lotaram as dependências do Portobello Resort e Safari para desfrutar de toda a atmosfera produzida pelo maior festival de eventos off-road do mundo. Entre os maiores destaques daquela edição, tivemos Felipe Moletta e Sabrina Gobbo, campeões do XTERRA Triathlon Elite, Rildo Ribeiro e Geisla dos Santos, vencedores do XTERRA Half Trail Run, dentre outros.

    Destaque do XTERRA Endurance, Rosália Camargo garante presença na etapa de Costa Verde

    16_XTERRA_COSTA-VERDE_SABADO_50KM (77)Conhecida por levar os atletas ao limite e ser uma das modalidades mais duras do XTERRA Brazil Tour, a XTERRA Endurance 50km ainda não teve sua estreia oficial na temporada 2017, mas já vem gerando muita expectativa entre os competidores. Em 2016, a prova foi bastante movimentada e contou com nomes de muito destaque no cenário nacional, casos de Iazaldir Feitoza, Rosália Camargo e Vera Saporito.
    Multicampeã do XTERRA Brazil Tour, Rosália Camargo deve participar do evento pela primeira vez neste ano na etapa de Costa Verde, marcada para os dias 12 e 13 de agosto, em Mangaratiba (RJ). Com vasta experiência em competições internacionais, ela coloca a prova no Rio de Janeiro como uma de suas favoritas.
    “O XTERRA Costa Verde é muito especial para mim. Já disputei provas lindas em vulcões, praias desertas e lugares paradisíacos, mas essa prova de Mangaratiba vai ser sempre uma lembrança de superação e alegria. Foi a primeira vez em que corri à noite e a primeira vez que corri 50km!! Com certeza, é uma das minhas provas favoritas aqui no Brasil, com uma organização impecável”, comentou.
    O percurso desafiador faz com que os atletas tenha que estar preparados para condições adversas. Há anos militando em ultra maratonas, Rosália sabe bem do que é necessário para fazer uma boa prova e, por isso, faz um alerta aos atletas que pretendem iniciar sua trajetória em Costa Verde.
    “Não tenho muita experiência em treinamento, já que sou arquiteta. Mas eu, antes de fazer esses 50km, já tinha feito seis vezes o Ironman, umas dez maratonas de asfalto e três maratonas em trilhas. Acho que é importante estar treinado e buscar orientação correta, pois uma prova de Trail Run tem características bem distintas das provas de rua. É essencial o atleta estar fisicamente e psicologicamente preparado”.
    Com pouco tempo para fazer seus treinamentos por conta da jornada de trabalho e a rotina familiar, ela conta que precisa desdobrar. “Tenho mantido minha rotina de treinos, sempre indo e voltando do trabalho correndo. Coloco muito volume com essa rotina diária. Nos finais de semana, foco em treinos mais específicos nas trilhas e nas subidas. Nos próximos dias tenho uma competição de 32km, já me preparando para os 50km do XTERRA Costa Verde, em agosto”, concluiu.
     

    Campeã do XTERRA Swim Challenge em 2016, Beatriz Puciarellii fará estreia na temporada em Costa Verde

    111111111Campeã do ranking feminino do XTERRA Swim Challenge no ano passado, Beatriz Puciarelli ainda não fez sua estreia na atual temporada. Dona de uma rotina atribulada, a carioca, que faz faculdade e se dedica à natação, projeta sua primeira participação no XTERRA Brazil Tour 2017 para a etapa de Costa Verde, prevista para os dias 12 e 13 de agosto, em Mangaratiba (RJ).
    Com 100% de aproveitamento em 2016, Beatriz foi um dos grandes destaques do XTERRA Brazil Tour no último ano. Cheia de vontade para recuperar o tempo perdido, ela confessa que não teria oportunidade melhor para estrear do que em Costa Verde, sua etapa preferida.
    “Estou bem empolgada e ansiosa para etapa de Costa Verde. Já estou acostumada a nadar essa prova, mas a cada ano que passa sinto uma emoção diferente, pois sou apaixonada por aquele lugar. Eu adoro todas as etapas do XTERRA Brazil Tour, mas essa, em especial, tem um significado maior para mim, já que foi lá que nadei minha primeira prova no evento há algum tempo atrás e venci”, comentou.
    Apesar da pouca idade, a nadadora já possui bastante experiência com provas em mar aberto. Se a competição em Mangaratiba já a motivaria por ser sua estreia na atual temporada, o fato de ser uma prova noturna surge como um atrativo a mais para fazer bonito.
    “Quando soube que a prova seria noturna fiquei ainda mais entusiasmada, sempre digo o quanto eu amo nadar à noite. É uma sensação incrível ser guiada por apenas as luzes das boias, sem contar na iluminação das tocas dos atletas que deixam a prova ainda mais bonita. Somos tomados pela empolgação de estar ali, cheios de vontade de nadar e completar a prova, é inexplicável. Como costumo falar, peixe que é peixe nada sob a luz do sol e sob a luz da lua”, concluiu.

    Atleta de 56 anos surpreende os mais novos e vence XTERRA Night Short Run

    17_xterra_ilhabela_thiagolemos_5

    A longevidade no esporte tem sido alvo de constantes debates. Não são raros os casos de pessoas que vêm conseguindo obter um desempenho acima da média, mesmo estando com uma idade relativamente avançada para os padrões de alto rendimento. A etapa do XTERRA Brazil Tour disputada neste fim de semana, em Ilhabela (SP), provou que a idade é apenas um número e nem sempre pode ser tomada como base para apontar favoritos.

    Dentre muitos destaques da etapa, João Alves de Araújo surgiu como uma grata surpresa ao vencer a corrida noturna. A surpresa, no entanto, não se dá pelo resultado em si, mas pela faixa etária do competidor. Aos 56 anos e com idade para ser pai de uma série de atletas, João da Ilha, como é popularmente conhecido na região, venceu a prova com autoridade, chegando com mais de um minuto de vantagem (41m50s) para o segundo colocado Reginaldo Vieira, de 29 anos.

    O paulista conta que não há nenhum grande segredo para manter-se bem preparado com mais 50 anos. Com 35 anos de experiência nas corridas, ele atribui seu bom momento ao prazer pelo esporte.

    – Eu sou um cara que me cuido muito. Corro há 35 anos ininterruptamente. Procurei sempre me cuidar bastante para conseguir longevidade na vida esportiva. Corro por prazer, não para disputar nada. Acho que pelo fato de fazer por diversão tem dado muito certo. Espero seguir assim por bastante tempo – disse.

    Empolgado com a vitória, João da Ilha fala em voltar a competir no evento ainda neste ano. Atleta e líder de um grupo de corridas em Ilhabela (SP), ele também fala sobre as dificuldades encontradas para competir fora da sua cidade natal.

    – Eu tenho o plano de participar de outras edições do XTERRA Brazil Tour, afinal participo do evento há mais de dez anos. É algo que gosto de fazer e procuro passar a todos. Temos um grupo excelente de corredores na cidade, mas encontramos dificuldades para conseguir condução para disputar provas em outros locais. Espero que isso seja resolvido e possamos disputar competições Brasil afora – concluiu.

    Proudly powered by WordPress | Theme: xterra by Underscores.me.
    MENU