39.0481, -77.4728
  • 9 e 10 de Fevereiro

    Costa Verde 2019

    Mangaratiba - RJ

    -22.949793, -44.074256 Inscreva-se Saiba Mais
  • 08 e 09 de Junho

    Praia do Forte 2019

    Mata do São João – BA

    -12.574687, -38.004731 Inscreva-se Saiba Mais
  • 13 e 14 de Julho

    Agulhas Negras 2019

    Resende – RJ

    Inscreva-se Saiba Mais
  • 28 e 29 de setembro

    Estrada Real 2019

    Tiradentes – MG

    -21.110108, -44.173202 Inscreva-se Saiba Mais
  • 10 e 11 de novembro

    Camp Ilha do Mel

    Ilha do Mel – PR

    -25.517005, -48.334969 Inscreva-se Resultados Saiba Mais
  • 01 e 02 de dezembro

    PARATY

    Paraty - RJ

    -23.212859, -44.711337 Inscreva-se Resultados Saiba Mais
  • x
  • Descontos
  • Cadastro feito com sucesso!

    OK
    x

    Cadastre-se e fique
    por dentro do mundo XTERRA!

    Quais as suas modalidades de interesse?

    x

    Fale conosco!

    Sua mensagem foi enviada com sucesso!

    HIDRATAÇÃO PRÉ-TREINO OU COMPETIÇÃO

    A hidratação é sempre uma preocupação durante qualquer atividade física, porém é tratada com menor importância a hidratação que precede um treino ou competição, o que permite que muitos atletas e desportistas iniciem suas práticas em estado de hipohidratação, que é prejudicial à performance.
    A hidratação pré-exercício deve ser realizada com líquidos em um volume equivalente a 5 a 10ml/kg de peso em 2h a 4h antes da atividade física. Além disso, ressaltam que o consumo de fontes de sódio ou de um alimento pode auxiliar na retenção hídrica evitando a perda excessiva de líquidos e eletrólitos pelo suor.

    dicaexceed_2

    Dica Exceed: Importância do Sódio

    As cápsulas de sal são basicamente um repositor de eletrólitos, ou seja, elas fornecem sais minerais perdidos no suor durante o treino. Atividades mais intensas podem provocar uma grande perda de sódio pelo suor, que é extremamente importante ao organismo quanto à manutenção do volume dos líquidos corporais, na contração muscular e, também, na absorção de glicose.
    A redução da concentração de sódio no sangue pode levar ao quadro de hiponatremia, causando vômito, fadiga extrema, perda de coordenação motora, fraqueza, apatia, dor de cabeça e, em casos mais severos, confusão mental, até a morte. Desta forma, é de extrema importância a hidratação adequada e reposição de eletrólitos. Procure sempre um médico ou nutricionista para uma melhor prescrição destes nutrientes.
    dicaexceed_23

    Dica Exceed: Dieta Low Carb

    Já ouviu falar no termo “low carb”? Muito comentada nas redes sociais atualmente, a estratégia “low carb” ganhou notoriedade quando o assunto é emagrecimento. É caracterizada por uma restrição de 30 a 130g de carboidrato por dia ou até 45% das calorias diárias totais referentes ao carboidrato. A redução deste macronutriente auxilia na melhora da composição corporal, porém atrelada a um aumento do teor de proteínas e equilíbrio de gorduras. Vale lembrar que é sempre importante procurar um nutricionista que para analisar o que será melhor aplicado à sua individualidade e objetivos.
    dicaexceed_2
     
     
     
     

    Os campeões do ranking 2016

    Após nove meses de muita adrenalina e superação, o XTERRA Brazil Tour 2016 chegou ao fim com a certeza de dever cumprido. Milhares de competidores passaram pelas etapas do maior festival de esportes outdoor do planeta. Destaque para a edição de maio do XTERRA Brazil, em Ilhabela/SP, que qualificou atletas profissionais e amadores para a etapa mundial, realizada no mês de outubro na Ilha de Maui, no Havaí.
    Em busca de inovação e satisfação de seus atletas, o XTERRA trouxe para o circuito 2016 a modalidade XTERRA MTB Enduro, sendo essa a maior novidade da temporada.
    Já tradicionais no XTERRA Brazil Tour, que em 2016 teve suas edições sediadas em Ibitipoca (MG), Ilha Comprida (SP), Ilhabela (SP), Paraty (RJ), Mangaratiba (RJ), Tiradentes (MG), Juiz de Fora (MG), e Ponta Grossa (PR), modalidades como o XTERRA Triathlon, XTERRA Swim Challenge, XTERRA Endurance, XTERRA Half Trail/Night Run e XTERRA MTB Cup Pro tiveram disputas bastante acirradas pelas primeiras colocações do ranking anual do evento.
    Com 100% de aproveitamento – sete vitórias em sete provas -, Geisla dos Santos levou para casa o troféu de campeã anual mais uma vez do XTERRA Half Trail/Night Run.  Entre os homens, Rildo Ribeiro conseguiu segurar bem a sua vantagem ao longo do ano e ficou com a primeira colocação geral. Responsáveis por encarar as maiores distâncias do XTERRA Brazil neste ano, Gleciomar Pereira e Vera Saporito sagraram-se vencedores do ranking do XTERRA Endurance.
    O XTERRA Triathlon, tradicional modalidade que originou o circuito XTERRA, em 1996 no Havaí, teve capítulos para lá de emocionantes. Contando com atletas de altíssimo nível, as provas tiveram emoção do início ao fim. Acostumados a lutar pelas primeiras posições em todas as provas, Felipe Moletta e Sabrina Gobbo deixaram novamente seus concorrentes para trás e aumentaram suas coleções de troféus do XTERRA Brazil.
    O mountain bike também teve muito espaço na edição 2016 do XTERRA Brazil. Entre as provas mais procuradas desta temporada, o XTERRA MTB Cup Pro teve adrenalina até a última etapa. Disputando pedalada a pedalada o topo do ranking com os renomados atletas Edivando de Souza e Roberta Stopa, respectivamente, Sidnei Fernandes e Fernanda Prieto faturaram o título inédito e são os grandes campeões do circuito 2016.
    Já entre os amadores, tivemos tanto no XTERRA Triathlon quanto no XTERRA MTB Cup Pro, atletas conhecidos do circuito vencendo em suas categorias. O Embaixador XTERRA, Guilherme Gonçalves, natural de Luziânia/GO, venceu na categoria 25 a 29 anos e garante que esse foi o último ano como atleta amador. Em 2017 ele vai rumo a novos desafios, em busca de conquistas na categoria Profissional do XTERRA Triathlon. Outro nome conhecido entre os triatletas é o de Luiz Escudeiro. O atleta de 54 anos participa do XTERRA há muitos anos e já foi campeão diversas vezes nas etapas ao redor do país e no ranking do XTERRA Triathlon.
    No XTERRA MTB Cup Pro, o atleta de apenas 18 anos, Enzo Bomtempo, venceu mais uma vez em sua categoria, repetindo o feito de 2015. Enzo é, atualmente, uma das grandes revelações do Mountain Bike brasileiro e presença certa nas etapas do XTERRA.
    Outro veterano, Luiz Zanandrea, costuma participar tanto no Triathlon quanto no MTB, dose dupla de adrenalina para esse guerreiro.O atleta esse ano encarou o desafio de competir na inédita etapa do XTERRA Pan Am Championship, em Utah (EUA), na modalidade Triathlon. Zanandrea, que em 2015 ficou em 2º lugar em sua categoria em ambas as modalidades, esse ano sagrou-se campeão no XTERRA MTB Cup Pro e manteve o 2º lugar no XTERRA Triathlon, ficando atrás somente de Luiz Escudeiro.
    Fechando as premiações anuais, temos o XTERRA Swim Challenge. Com cinco aparições ao longo de 2016, a modalidade coroou novamente dois nomes importantes do evento: Arthur Pedroza, entre os homens, e Beatriz Puciarelli, entre as mulheres. Oriundos das piscinas, Pedroza e Puciarelli descobriram no XTERRA Brazil o prazer de nadar ao ar livre e estão colhendo os louros por toda a dedicação.
    Em 2017 tem muito mais, guerreiros.
    Vem pro nosso mundo!
     
    Confira os campeões do Ranking XTERRA 2016
    Resultados completos em: http://www.xterrabrasil.com.br/tour-2016/ranking-2016/
     
    XTERRA Triathlon
    Elite Feminino – Sabrina Gobbo
    Elite Masculino – Felipe Moletta
    Amador Masculino (20 – 24 anos) – Marcelo Faro
    Amador Masculino (25 – 29 anos) – Guilherme Braz
    Amador Masculino (30 – 34 anos) – Ronaldo Serpa
    Amador Masculino (35 – 39 anos) – Allan Luiz Nogueira
    Amador Masculino (40 – 44 anos) – Daniel Cavedal
    Amador Masculino (45 – 49 anos) – Sérgio Boucault
    Amador Masculino (50 – 54 anos) – Luiz Escudero
    Amador Masculino (60 – 64 anos) – Ruben Delly
     
    XTERRA Endurance 
    Feminino – Vera Saporito
    Masculino – Gleiciomar Pereira
     
    XTERRA Half Trail/Night Run
    Feminino – Geisla dos Santos
    Masculino – Rildo Ribeiro
     
    XTERRA MTB Cup Pro
    Elite Feminino – Fernanda Prieto
    Elite Masculino – Sidnei Fernandes
    Amador Júnior (17 a 18 anos) – Enzo Bomtempo
    Amador Sub-23 (19 a 22 anos) – Rodrigo da Silva
    Amador Master Sub-30 (23 a 29 anos) – Leonardo Darski
    Amador Master A1 (30 A 34 anos) – Rafael Cardoso
    Amador Master A2 (35 a 39 anos) – Reginaldo Araújo
    Amador Master B1 (40 a 44 anos) – Luiz Claudio Ferreira
    Amador Master B2 (45 a 49 anos) – Odilon Grossi
    Amador Master C1 (50 a 54 anos) – Luiz Fernando Zanandrea
    Amador Master C2 (55 a 59 anos) – Ernane de Souza
     
    XTERRA Swim Challenge
    Geral Feminino – Beatriz Puciarelli
    Geral Masculino – Arthur Pedroza

    MENU