Melhores óleos de massagem para sua recuperação muscular

Com corridas muito próximas semana após semana, sua recuperação se torna muito importante. Agora é o momento perfeito para aprender a fazer sua própria massagem, já que o XTERRA Ouro Preto e o XTERRA Praia do Forte são etapas separadas apenas por sete dias. Nem sempre é possível pedir a alguém para fazer a massagem quando você está sozinho em um local de corrida, mas isso pode fazer toda a diferença em seu desempenho, especialmente se você tiver duas provas em duas semanas.

 

O primeiro passo é esticar todos os músculos. Isso talvez seja melhor feito longe de sua sessão de treinamento, à noite. Para alongar corretamente, você deve relaxar, respirar profundamente e andar devagar. Coloque alguma música calma e leve o tempo que for necessário. Após 20, 30 minutos, você pode iniciar sua automassagem. Comece pelos pés e trabalhe o caminho até o seu corpo, passando pelos tornozelos, panturrilhas e o grande grupo muscular na frente de suas pernas, chamados de quadríceps. Estes são os músculos que você usa para empurrar com força a bike, então passe mais tempo aqui.

 

Você não precisa de nenhum óleo de massagem especial, se você não tiver mais nada, o azeite de oliva serve! Eu recomendaria usar óleo vegetal com alguns óleos essenciais adicionados. Os dois óleos são muito diferentes. O óleo vegetal forma a base para facilitar a massagem, para que suas mãos deslizem sobre sua pele. Você também pode usar óleo de arnica, óleo de amêndoa doce ou óleo de semente de damasco como alternativas.

 

Existem muitos óleos essenciais diferentes. Eles estão sempre concentrados e cada um tem um propósito diferente. Eles podem ser incrivelmente poderosos e, enquanto alguns oferecem grandes benefícios, alguns podem ser perigosos.

 

Antes de começar, aqui estão algumas dicas para usá-los corretamente

• Para garantir que você tenha um bom óleo, verifique o nome. O nome latino é o nome real;

• Não use em crianças, a dose pode ser diferente;

• A quantidade máxima de óleo essencial a ser misturado com óleo vegetal é de 20%;

• Realize uma área de teste em uma pequena área da pele cada vez que você usar um óleo essencial para garantir que você não é alérgico;

 

Existem muitas receitas para óleos de massagem contendo Gaultheria Procumbes, porque pode ajudar a reduzir a dor, mas não é um dos meus favoritos por ser rico em cânfora natural, que impede a recuperação. Então, embora sua dor seja reduzida, seus músculos não se recuperam adequadamente. Para completar a fórmula líquida para uma boa massagem, gosto de usar um óleo ativo. Por exemplo, um óleo da árvore Cypress (nome latino Cupressus Sempervirens). Isto é perfeito para elogiar a recuperação muscular e se você luta com o calor durante o verão, você pode usá-lo por si só.

 

Veja como fazer sua própria combinação para uma recuperação mais rápida:

– 80ml de óleo de arnica (ou outro óleo vegetal);

– 10ml de óleo essencial de Laurus nobilis;

– 5ml de óleo essencial de Eucalyptus citriodorata;

– 5ml de óleo essencial de Cupressus sempervirens;

 

Agora experimente e vá em frente!

 

Alexandra Borrelly Lebrun é farmacêutica e estuda nutrição esportiva e medicina natural. Ela trabalha na Organicoach, onde criam planos de nutrição otimizados para atletas de todos os níveis. Veja o artigo original em https://www.xterraplanet.com/2019/05/massage-oil-101.