Novo formato de hidratação nas etapas XTERRA faz sucesso entre atletas

Os copinhos d'água foram trocados por galões em pontos específicos

Participantes do XTERRA Brazil elogiaram iniciativa de trocar copos plásticos de água por galões em postos de reabastecimento

 

No último dia 8 de maio a organização do XTERRA brasileiro comunicou que não haveria copos plásticos de água na etapa Brazil, realizada em 11 e 12 de maio, em Ilhabela. A iniciativa se deu pensando na preservação do meio ambiente, já que o material dos tradicionais copinhos causa danos irreversíveis ao planeta. Voltado para o pilar da sustentabilidade, o XTERRA Brazil acredita numa relação de absoluto respeito com a natureza.

 

A medida adotada para hidratar os atletas off-road foi a inserção de galões d’água em pontos específicos dos percursos e no pós-prova de cada modalidade. Sendo assim, o ideal era que todos os participantes levassem suas próprias garrafinhas ou mochilas de hidratação, porém a organização disponibilizou copos retornáveis para o consumo. Uma novidade para a etapa de Ilhabela foi também a distribuição gratuita da bebida Yas, da Coca-Cola.

 

“Vim com meu filho e meu marido e nós três adoramos a novidade. A troca dos copinhos de plástico por nossas próprias garrafinhas foi muito melhor, pois até já treinamos desta maneira. Acho mais fácil beber na garrafinha enquanto corro e é sempre bom cuidarmos do meio ambiente. O Yas de uva no fim da prova foi maravilhoso, meu filho então tomou dois porque acabei perdendo o meu para ele”, relatou com bom humor a corredora Gisleine Padavan de 37 anos.

 

A bebida Yas fez sucesso entre os atletas XTERRA

 

Para Gabriela Corrêa, gerente do XTERRA no Brasil, a medida foi apenas um pequeno avanço na conscientização de atletas para com o bem-estar do planeta. “Ficamos muito contentes com a aceitação por parte dos atletas, pois era uma mudança que já queríamos fazer há um tempo. Sabemos que ainda é um pequeno passo, mas é o começo de um ciclo duradouro de sustentabilidade dentro do XTERRA Brazil”.