Fiorella Mattheis e Fernanda Keller marcam presença no XTERRA Paraty 2018

Fiorella ergueu os braços ao final da trail run 6,5km em Paraty. Foto: Foco Radical

 

O XTERRA Brazil Tour encerrou a temporada de 2018 com multidão em Paraty. Dentre os mais de 3.000 presentes no maior festival de esportes off-road do mundo, duas presenças ilustres se destacaram na prova de trail run 6,5 km, a atriz e modelo Fiorella Mattheis e a triatleta profissional Fernanda Keller.

 

Para honra e sorte do XTERRA Brazil, Fiorella escolheu o evento para debutar em uma competição oficial. Na verdade, a escolha foi mais uma convocação, como explica a própria: “Foi minha primeira corrida na vida, já corro desde os 15 anos, mas nunca havia participado de nenhuma prova. Os meus amigos criaram um grupo no what’s app e falavam sobre o evento todo dia, ou seja, fui convocada por eles”, comentou com bom humor, aproveitando para elogiar o XTERRA. “Achei tudo ótimo, nada difícil como as pessoas acham, o tempo estava fresquinho e eu prefiro correr assim, é bem melhor que correr no ‘calorão’. Além de tudo isso, Paraty é especial, uma cidade maravilhosa”, completou.

 

Se a atriz prefere o tempo fresco e menos abafado, a triatleta Fernanda Keller deixou bem clara a sua preferência climática: “Eu amo o calor, acho que aquele ‘solão’ forte dá um brilho em tudo, a água fica mais azul, sabe? O percurso foi superdivertido, o fato de ter lama torna o desafio mais complicado, porém a gente ganha mais histórias para contar depois”, afirmou.

Fernanda Keller correu os 6,5 km para se divertir com os amigos. Foto: Fabio Quirelli / Foco Radical

Apesar de todo o preparo físico e a experiência de mais de 24 anos como profissional, a veterana explicou o motivo de não participar de sua modalidade favorita, o triathlon. “Hoje vim para celebrar com amigos e incentivar o pessoal que está começando. Acho legal ter todos os tipos de esporte, mountain bike, corrida, natação e outros, o importante mesmo é ter cada vez mais eventos desse estilo, ter mais gente envolvida com o esporte em geral. Praticar esportes não é só para quem é profissional, é para qualquer um que se mexa. Triathlon fica mais difícil por causa da bike por enquanto, mas ano que vem eu venho correr de novo”, prometeu a mulher mais influente do esporte segundo a revista americana Forbes, em 2013.