Brasileiros se destacam no XTERRA Trail Run World Championship 2018

11° mundial teve Douglas Gouveia, Joseilton Santos e Geisla dos Santos no pódio; Norte-americanos Joe Gray e Dani Moreno foram campeões pelo segundo ano seguido

 

O trail run é cada vez mais praticado no Brasil e com a ascensão do esporte, os brasileiros de elite começam a surgir e mostrar ao mundo suas capacidades. É o caso de Douglas Gouveia, Joseilton Santos e Geisla dos Santos, que são consagrados em território canarinho e já apresentaram suas credenciais em terras internacionais.

 

No último domingo, 2 de dezembro, aconteceu o XTERRA Trail Run World Championship no Kualoa Ranch, em Kaneohe, no Havaí.  O trio brazuca havia conseguido índice para participar do mundial após a etapa XTERRA Brazil, em Ilhabela. Pela primeira vez disputando uma prova internacional, o nervosismo era natural.

 

“Fui um pouco tensa, porém confiante ao mesmo tempo. Meu objetivo era ficar entre as 10 melhores atletas do mundo e estou muito feliz por ter conseguido”, revelou a ilhabelense Geisla dos Santos, que ficou em 9° lugar geral e em 2° em sua categoria (30 a 34 anos).

 

Além das conquistas no Havaí, Geisla foi pentacampeã de trail run 21 km no Brasil. De forma antecipada, a atleta da G-Ilhabela, ganhou pelo quinto ano consecutivo o ranking XTERRA, e, receberá sua merecida premiação na primeira etapa da temporada de 2019.

 

Geisla dos Santos posou com sua medalha no Havaí

 

Já Douglas Gouveia, foi o melhor brasileiro na corrida geral. Terminou em 5° lugar, atrás de atletas super consagrados como o tetracampeão mundial Joe Gray e o campeão norte-americano Brett Hales, por exemplo. Douglas largou na linha de frente e logo acelerou o passo para garantir sua honrosa posição, igualando assim o feito do mineiro Antônio Gonçalves, quinto colocado no mundial de 2017.

 

Por fim, o macaense Joseilton Santos estava na liderança do ranking nacional e bastava chegar na quarta colocação em Paraty para ser o campeão brasileiro. Porém, o sonho de fazer história nos Estados Unidos o fez abdicar de um título praticamente certo. O que ele não sabia é que o destino te daria uma glória em troca. Joseilton finalizou a corrida havaiana em 1:38:00, o que lhe rendeu a 7° colocação e o título em sua categoria (40 a 44 anos).

 

Joseilton aproveitou para estampar seu amor pela cidade de Macaé, no Rio de Janeiro (bandeira de Macaé)

 

“Gratidão a Deus por mais um sonho realizado. Estou feliz demais com meu resultado e por ter representado bem o meu querido povoado de Macaé. Agora é treinar para 2019 e tentar garantir o ranking nacional também”, relatou Joseilton.

 

Os grandes campeões mundiais foram novamente Joe Gray e Dani Moreno, ambos norte-americanos de boa história no mundo off-road. Ele levantou seu quarto título mundial, enquanto ela foi bicampeã seguida.

 

Confira os melhores momentos do XTERRA Trail Run World Championship 2018: