Rom Akerson e Lesley Paterson vencem XTERRA World Championship 2018

O costa riquenho Rom Akerson foi às lágrimas com o título inédito. Foto: XTERRA Planet

 

A 23° edição do XTERRA World Championship aconteceu no último dia 28 de outubro, na Ilha de Maui, no Havaí. Desta vez, mais de 700 triatletas de 44 países diferentes participaram da competição. Rom Akerson, da Costa Rica, foi o campeão na categoria masculina e a escocesa Lesley Paterson venceu entre as mulheres. Foi o primeiro título mundial de Akerson e o terceiro de Paterson, que já havia vencido em 2011 e 2012. Ambos arrecadaram $ 20.000 por seus respectivos triunfos.

 

O percurso começou com a natação de 1,6 km na DT Fleming Beach, seguindo com o trecho de 29,8 km de mountain bike pelas montanhas de West Maui e terminando com uma trilha de 10,4 km em florestas, muita lama (já que em dias anteriores choveu bastante na região da costa noroeste de Maui) e areia da praia.

 

Rom Akerson foi o quinto a sair da água e teve que perseguir grandes nomes do triathlon off road, como o campeão mundial de 2017, o sul-africano Bradley Weiss e o tricampeão Ruben Ruzafa, da Espanha. Inclusive, pelo sexto ano seguido, Ruzafa fez o melhor tempo no trecho de bicicleta e Weiss foi o mais rápido na trail run, porém no conjunto de tudo deu Akerson, que finalizou todo o trajeto com 2:52:41.

 

“Eu não posso nem acreditar”, disse Akerson após cruzar a linha de chegada, cheio de emoção e com lágrimas de alegria em seus olhos. “Quando consegui a liderança e sabia que ia acontecer (a vitória), queria chorar, mas tinha de ficar repetindo para mim mesmo para continuar, que não podia chorar se ainda nao tivesse vencido”, concluiu o campeão.

 

Veja os melhores momentos do XTERRA World Championship 2018:

https://www.youtube.com/watch?v=BfGV6v1MTvg

 

Antigo detentor do título, Bradley Weiss terminou na segunda colocação em 2018 e lamentou a performance aquática: “Tenho nadado bem durante todo o ano, mas hoje fiquei desapontado. Foi aí que perdi a prova, ironicamente, porque no ano passado eu disse que tinha sido onde ganhei. Dessa vez eu saí da água 50 segundos atrás e em 2017 eu saí na frente, direto para a bike. Enfim, perder um minuto é demais no triathlon”, ressaltou com desânimo.

 


Bradley Weiss foi o melhor triatleta no trecho da Trail Run, mas ainda assim não foi o suficiente para conquistar o bi. Foto: XTERRA Planet

 

A categoria feminina teve Lesley Paterson fazendo os tempos mais rápidos na corrida e na mountain bike. No mar, a escocesa teve um dos melhores desempenhos de sua carreira e atribuiu o sucesso à consistência do treinamento, que foi interrompido por cinco anos, enquanto ela lutava contra a doença de Lyme (infecção bacteriana transmitida por carrapatos) e lesões.

 

“Trabalhei muito durante o verão, com muito treinamento de força e tempo na academia”, disse Paterson depois que a coroa de folhas foi colocada em sua cabeça. “Em vez de ficar frustrada com as condições em que eu me encontrava durante cinco anos, fiquei grata e feliz por estar viva e me recuperando. Posso ter ficado muito tempo parada, mas sempre me mantive serena”, finalizou.

 


Paterson superou a doença de Lyme para voltar a ser campeã mundial do XTERRA. Foto: XTERRA Planet

 

O brasiliense Rodrigo Braga foi o único brasileiro de elite (ao todo, 18 brasileiros estiveram presentes, porém 17 foram em categorias amadoras) a participar do XTERRA World Championship 2018. Rodrigo teve um imprevisto com a peça de câmbio da bicicleta por volta do km 4 e precisou empurrar a “magrela” nos últimos 12 km. Devido ao acidente, ele chegou na 30° colocação. “Tive que empurrar bastante minha bike e o tempo no MTB somou uma hora e pouco a mais por conta desse problema mecânico. Mas eu empurrei porque não queria abandonar a prova, então me orgulho por não ter desistido”, explicou Braga.

 

Confira o TOP 10 do XTERRA World Championship 2018 masculino e feminino – elite:

 

Masculino

1°- Rom Akerson, Costa Rica

2°- Bradley Weiss, África do Sul

3°- Sam Osborne, Nova Zelândia

4°- Ruben Ruzafa, Espanha

5°- Josiah Middaugh, EUA

6°- Mauricio Mendez, México

7°- Karsten Madsen, Canadá

8°-  Maxim Chane, França

9°- François Carloni, França

10°- Roger Serrano, Espanha

 

Feminino

1°- Lesley Paterson, Escócia

2°- Michelle Flipo, México

3°- Lizzie Orchard, Nova Zelândia

4°- Suzie Snyder, EUA

5°- Brigitta Poor, Hungria

6°- Carina Wasle, Áustria

7°- Julie Baker, EUA

8°- Angela Niklaus, Suíça

9°- Penny Slater, Austrália

10°- Allison Baca, EUA