39.0481, -77.4728
  • 9 e 10 de Fevereiro

    Costa Verde 2019

    Mangaratiba - RJ

    -22.949793, -44.074256 Inscreva-se Saiba Mais
  • 08 e 09 de Junho

    Praia do Forte 2019

    Mata do São João – BA

    -12.574687, -38.004731 Inscreva-se Saiba Mais
  • 13 e 14 de Julho

    Agulhas Negras 2019

    Resende – RJ

    Inscreva-se Saiba Mais
  • 28 e 29 de setembro

    Estrada Real 2019

    Tiradentes – MG

    -21.110108, -44.173202 Inscreva-se Saiba Mais
  • 10 e 11 de novembro

    Camp Ilha do Mel

    Ilha do Mel – PR

    -25.517005, -48.334969 Inscreva-se Resultados Saiba Mais
  • 01 e 02 de dezembro

    PARATY

    Paraty - RJ

    -23.212859, -44.711337 Inscreva-se Resultados Saiba Mais
  • x
  • Descontos
  • Cadastro feito com sucesso!

    OK
    x

    Cadastre-se e fique
    por dentro do mundo XTERRA!

    Quais as suas modalidades de interesse?

    x

    Fale conosco!

    Sua mensagem foi enviada com sucesso!

    XTERRA acontece pela quarta vez na cidade histórica de Ouro Preto

    Após edições em 2009, 2015 e 2017, Ouro Preto volta a sediar o maior evento de esportes off-road do mundo nos dias 30 de junho e 1° de julho

     

    A cidade de Ouro Preto será, pelo quarto ano, sede de uma etapa do circuito XTERRA, o maior festival de esportes off-road do mundo. Com 10 edições em 2018, o XTERRA brasileiro realizará sua 4° edição anual nos próximos dias 30 de junho e 1° de julho, na Praça Tiradentes, onde são esperados mais de 1.500 atletas, que irão competir nas provas de DuathlonNight Run 8,5 km, Trail Run 23 km, MTB Cup Sport 30 km, MTB Cup Pro 44 km e a Corrida Kids para a criançada até 13 anos de idade.

     

    O evento oferece vários percursos desafiadores em meio às belezas naturais de cada localidade e trata-se de uma ótima opção de lazer em família, já que proporciona a chance de curtir uma experiência única, unindo viagem, esporte e bem-estar. Especificamente em Ouro Preto, os principais atrativos das trilhas são as ladeiras do centro histórico e a passagem por uma mina de ouro construída por escravos no período colonial, no século XVIII. O tradicional Parque das Andorinhas, um trecho da Estrada Real e cachoeiras, rios e muitas matas também fazem parte das maravilhas que os atletas desfrutarão em seus trajetos.

     

    Ciclista profissional, atual vice-campeã 2017 do XTERRA e atual líder de 2018, Roberta Stopa é presença garantida no MTB Cup Pro. A mineira natural de Juiz de Fora não esconde a felicidade pela oportunidade de competir novamente em seu estado. “Pedalar em Ouro Preto é sempre uma surpresa, terras avermelhadas pelo minério que esconde várias pedras, deixando o percurso bem técnico e desafiador. As subidas íngremes pelas ruas históricas da cidade e as montanhas perfeitas embelezam e gratificam ainda mais o evento. Espero poder continuar líder do campeonato após esta etapa em casa”, almeja Stopa.

     

    Roberta Stopa tem presença confirmada em Ouro PretoRoberta Stopa é a atual líder de 2018 e está confirmada no XTERRA Camp Ouro Preto. Foto: Bruno Meneghitti

     

    Em 14 anos no Brasil, o XTERRA é excelência em Mountain Bike e referência em Triathlon e corrida. Mais de 135 mil atletas já participaram do evento, que em 2018, já passou por Costa Verde-RJ, Ilhabela-SP e Praia do Forte-BA.

     

    XTERRA Camp Ouro Preto é apresentado pelo SESI e as inscrições podem ser feitas através do link https://goo.gl/yWGGxG. Pacotes para assessorias esportivas no e-mail comunicacao.rp@xterrabrasil.com.br. Em Ouro Preto, o contato é pelo número (31) 98411 -8712 (falar com Rafael Barbosa).

     

    SERVIÇO:

    Datas: 30 de junho e 1° de julho

    Cronograma: http://xterrabrasil.com.br/tour-2018/wp-content/uploads/2018/01/18_XTERRA_CAMP-OURO-PRETO_CRONOGRAMA-1.pdf

    Local: Praça Tiradentes, Ouro Preto – MG

    Apresentação: SESI

    Patrocínio: Prefeitura Municipal de Ouro Preto

    Apoio especial da etapa: Prefeitura de Ouro Preto, Audax, Marathon e Maçãs Turma da Mônica

    Realização local: Esporte em Ação

    Um produto licenciado X3M Sports Business

    “Fominha” mineira: corredora se inscreve nas três etapas do XTERRA em Minas Gerais

    Janaína Luz é a “fominha” das etapas mineiras. Foto: Foco Radical

    Com três etapas do XTERRA em seu estado, qualquer pessoa pensaria em se inscrever em uma no mínimo. Mas para Janaína Luz é sempre mais vantajoso aproveitar o máximo e não o mínimo. Natural da cidade de Contagem, ela não pensou duas vezes quando olhou o calendário de 2018 e se inscreveu em todas as etapas que vão rolar em seu estado natal, Minas Gerais.

     

    “O que eu mais gosto do XTERRA é o contato com a natureza, é um refúgio. E também um roteiro turístico incrível”, diz a amante de Trail Runs.

    Originalmente atleta de asfalto, a mineira de 35 anos começou a participar do XTERRA para fugir um pouco do lugar comum. Mal sabia ela que se apaixonaria pelo off-road durante a etapa de Estrada Real em 2017. “Fazer a Trail Run à noite em Tiradentes foi um desafio, mas foi uma experiência muito gostosa. Muita emoção mesmo! Foi uma das melhores provas que eu já fiz até hoje”, admitiu.

    E esse gosto pelo maior evento de esportes off-road do mundo ficou nítido com a tripla inscrição para Ouro Preto, Nova Lima e Tiradentes em 2018. A morena ainda aproveitou o desconto oferecido pela organização do festival, que privilegia quem efetua mais de uma inscrição de uma só vez. “Eu me encontrei no XTERRA porque corrida e viagens são minhas grandes paixões. Com o circuito posso correr e ainda conhecer um lugar novo. O evento para mim é uma oportunidade de fazer viagens deliciosas”, revela.

    E a mineira tem o costume de aproveitar essas viagens da melhor forma: em família! Ela conta que sempre vai às competições acompanhada pelo marido Sérgio, pelo cunhado Ronie e pela cunhada Edileia. “A gente se chama de quarteto fantástico” brinca. Porém, em 2018 Janaína contará com a torcida da filha Ana Carolina, de apenas dois anos de idade. “A gente faz um rodízio para todos participarem de umas das provas e ainda ter alguém disponível para cuidar da Ana enquanto isso”.

     

    Janaína Luz e familiaresEdileia, Ronie, Janaína e Sérgio, o quarteto fantástico de Minas Gerais.

     

    A rotina não impede a preparação de Janaína Luz para encarar os três desafios. Ela treina pelo menos duas vezes por semana e ainda participa do Grupo “Corre Mamãe”. Ela conta que a assessoria esportiva tem uma série diária ótima para quem tem filhos: “Nós treinamos todos os fins de semana, em horários que não prejudicam nossos momentos com as crianças”.

    “Não vou entrar para brincadeira”, diz Sul Rosa sobre ida ao Mundial de Trail Run no Havaí

    Sul brilhou na Night Run 22km em Ilhabela e vai representar o Brasil no Havaí, em dezembro.

     

    A história de Sul Rosa no XTERRA começou em 2017 com boas participações em Ilhabela e Paraty, por exemplo, mas o sonho de representar o Brasil no Havaí precisou ser adiado devido a um convite inesperado e irrecusável. Se na última temporada Sul não competiu no XTERRA World Championship, em 2018 ela já garantiu sua classificação após uma grande performance no XTERRA Brazil, em Ilhabela, no último dia 12 de maio, que lhe rendeu o 3° lugar geral nos 22 km da Night Run.

     

    A morena foi uma das escolhidas para integrar o time do Exathlon Brasil no último mês de setembro. O reality show foi transmitido pela TV Bandeirantes, onde 20 participantes se enfrentavam em situações que exigiam resistência física e psicológica em uma praia da República Dominicana. Sul foi a 8° eliminada e ficou ilhada por cerca de três meses. A experiência foi incrível segundo a jovem de 23 anos, mas a recuperação corporal ainda não atingiu os 100%.
    “Com o Exathlon ano passado eu acabei focando nele e não consegui mais fazer as provas habituais. Dessa vez eu estou treinando em busca de um aperfeiçoamento para buscar um desempenho bom no Havaí. Na verdade, não consegui correr tão bem neste 1° semestre porque meu corpo ainda está meio debilitado e se recuperando de toda a vida extrema que vivi no Exathlon. Somente agora, no fim de junho, que estou voltando a ter minha força e minha velocidade de volta”, explica Sul.

    O bom desempenho citado pela goiana misturada com baiana, é estar no Top 10 de corredoras de Trail Run do planeta. “Meu treinador e eu temos uma meta estipulada de ficar entre as 15 melhores do mundo, só que eu particularmente tenho muita vontade e me vejo chegando entre as 10 primeiras. Tenho uma perspectiva muito boa, sou consciente do que posso fazer e mesmo com o Mundial tendo atletas incríveis eu não vou entrar para brincadeira, até porque é um sonho meu e vou em busca dele”, almeja Sul, que aproveita para explicar sua naturalidade. “Minha mãe estava na divisa de Itabuna (BA), indo para Goiânia. Ela estava no ônibus e eu resolvi nascer. Fui criada em Goiânia, mas nasci na divisa, então fiquei com essa mistura boa aí”, conta aos risos.

     

    31557071_1077531802385907_2805671782495813632_nSul Rosa e seu certificado XTERRA

     

    O XTERRA World Championship acontece no dia 2 de dezembro, em Kaneohe, no Havaí. Vamos torcer para o time brasileiro fazer bonito e tomara que nossa embaixadora Sul Rosa consiga realizar seu sonho de integrar o Top 10 mundial.

    XTERRA também é romance

    XTERRA Brazil teve pedido de casamento feito por atleta do triathlon na linha de chegada em Ilhabela

     

    Qual a melhor forma de pedir alguém em casamento? Muitos apostam em um jantar romântico ou durante uma viagem a lazer, correto? Mas Ricardo Radaeli, de 34 anos, resolveu fazer diferente. O triatleta amador fez o pedido à namorada Fabiana Chiaparini no momento exato em que ambos cruzariam a linha de chegada do XTERRA Brazil, em Ilhabela, no último dia 12 de maio.

     

    Depois de encararem juntos os desafios do triathlon, “Fofão”, como é popularmente conhecido Ricardo, surpreendeu Fabiana e o público presente. O local escolhido não foi em vão, o XTERRA de Ilhabela é um marco para a vida do casal. “Nós dois gostamos muito de esportes, ela já foi tenista profissional inclusive. Quando a gente se conheceu, em março de 2015, eu estava treinando para o XTERRA. Em junho, trouxe a Fabi para fazer a trail run comigo. O pedido foi muito bem pensado, e justamente porque essa foi nossa primeira prova juntos, confiei que seria o momento perfeito de tomar coragem e convidá-la para ser minha esposa”, revelou Fofão.

     

    Casamento Fofão 3A faixa que surpreendeu Fabiana na linha de chegada e emocionou o público em Ilhabela. Foto: Hércules Rakauskas

     

    Sem esconder a felicidade, Fabi contou que esta primeira prova citada por Fofão foi uma loucura que fez com o namorado. “Então ele falava: ‘vamos treinar?’ Eu respondia: ‘partiu!’ Não tinha noção de onde estava me metendo e nem do quão divertido seria participar do XTERRA. Porém eu sabia que a companhia seria boa, então valia a pena me inscrever com ele. A surpresa de hoje (12/05) foi incrível e amei a forma como foi feita”.

     

    A agora noiva Fabiana Chiaparini garante que não esperava pelo pedido, já que Fofão manteve tudo em sigilo, desde a produção da faixa, passando pelo pedido de ajuda aos amigos até ao alinhamento com a organização do XTERRA.

     

    Casamento FofãoRicardo e Fabiana posam mostrando aliança de noivado. Foto: Hércules Rakauskas

     

    A família XTERRA aproveita para desejar muitas felicidades ao casal Ricardo Fofão e Fabiana. Ficamos felizes em ajudar e em fazer parte desta bela história de amor entre atletas. Aproveitamos para desejar um excelente Dia dos Namorados a todos os casais brasileiros e esperamos continuar sendo uma boa opção de lazer a dois e para a família.

    Paulista estreante no XTERRA já venceu o câncer

    Edilson Amato, feliz ao fim da prova de MTB em Ilhabela. Foto: Hércules Rakauskas

     

    Quem olhava para Edilson Amato durante o domingo (13 de maio) do XTERRA Brazil, não imaginava que fosse sua estreia em uma competição de MTB. Bem familiarizado com a bike e à vontade sob a “magrela”, o veterano de 46 anos de idade sempre foi um esportista nato, daqueles que praticou várias modalidades, do futebol, passando pela musculação até chegar ao pólo aquático, por exemplo. Apoiado pela esposa Laura Amato, que correu e foi ao pódio (4° lugar geral) na Night Run 8,5 km no dia anterior, e pela filha Júlia, de 13 anos, Edilson completou a prova em 2h40min e garantiu ter se divertido muito em seu primeiro desafio off-road.  Porém a verdadeira dureza já havia sido travada fora das trilhas, contra o câncer, há quase 10 anos.

    Natural de Mogi das Cruzes, Edilson sofreu com dificuldades no aparelho urinário, e todos os exames realizados não apontavam qualquer problema. Meses depois, quando enfim detectaram a doença, ela já estava em estágio avançado e acumulada entre bexiga e próstata. Apesar do medo, o paulista sempre foi acalmado pelo médico Gustavo Gusmão Rosa, que foi quem descobriu o tumor e falou: “você não vai morrer! És forte, atlético e adora viver”. Confiante nas palavras do doutor, Edilson travou uma dura e longa guerra para se manter à ativa. Depois de cinco anos, muitas cirurgias e quimioterapia, a alta oficialmente chegou. Era então a hora de mudar alguns hábitos.

    “Sempre gostei muito de esporte e já fiz vários. Mas a vida me fez parar quando eu casei cedo, me separei, casei de novo…Quando eu fui diagnosticado com o câncer, em 2008, já estava pesando 114 kg e prometi que se saísse daquela eu mudaria algumas coisas”, disse Edilson, que começou uma dieta obrigatória durante o tratamento da doença, mas seguiu mesmo após a liberação médica. Em 2016, ele começou também a correr, muito por influência da esposa, uma corredora de primeira linha e amante da vida na natureza.

     

    Edilson e famíliaEdilson ao lado de suas maiores incentivadoras, a esposa Laura e a filha Júlia. Foto: Hércules Rakauskas

     

    A vontade de pedalar, ele conta, veio aos poucos, observando outros atletas da cidade. “Comecei a correr e nadar. Eu moro no interior de São Paulo, então via o pessoal pedalando enquanto eu corria e achei que poderia ser bem divertido. Resolvi comprar uma bike e sair junto com a galera. Deu certo e essa prova em Ilhabela foi apenas a primeira. Espero estar em outras e com menos quedas, pois ainda sou iniciante e caí algumas vezes. Caí feio ali no meio, perdi os óculos, bike quebrou, dei um jeitinho e voltei com tudo, mas no final valeu demais, foi divertido, ri bastante com as meninas (esposa e filha) contando a elas. Rsrs… faz parte! Faria tudo de novo com certeza”
    O fato é que após cinco ano lutando por sua vida, qualquer percurso se torna “fichinha” para este campeão legítimo!

    Paisagens exuberantes marcam etapa do XTERRA Camp Praia do Forte

    A maravilhosa Praia do Forte foi o palco de milhares de atletas do XTERRA. Foto: Sandrinha Midlej

    No último final de semana, o litoral norte baiano marcou sua estreia como palco de um dos maiores festivais de esportes off-road do mundo. Em dois dias de competições, foram mais de 1.200 atletas amadores e profissionais, que disputaram oito categorias e movimentaram a Praia do Forte de forma nunca antes vista. O XTERRA Camp Praia do Forte foi uma promoção do SESI com produção local da Diva Entretenimento e o resultado de sua realização se traduziu em um número que agradou em cheio os empresários da região: 70% de ocupação hoteleira em um fim de semana convencional!
    Alexandre Manzan, com 1h:44min:56seg e Sabrina Gobbo, com 2h:14min:25seg, foram os campeões nas categorias masculino e feminino do Triathlon. Com mais esta vitória, Sabrina, que já é tetracampeã na competição, faturou as três primeiras etapas de 2018 e está perto de se tornar a maior campeã do XTERRA brasileiro. No swim challenge masculino, os atuais campeões de 2017 voltaram a vencer. No percurso de 3 km, o carioca Artur Pedroza fez a festa, enquanto que nos 1,5 km o jovem Daniel Costa Cunha liderou do início ao fim. Entre as mulheres, nos 3 km, Izabela de Oliveira Alves levou a melhor e no 1,5 km o destaque foi para Priscilla de Andrade Magalhães.
    As provas de trail run contaram com duas distâncias. Em 7,5 km, os primeiros lugares foram de Luciano Marcio de Carvalho e Miriam de Jesus Alves. Já nos 21 km, Jean Nascimento dos Santos se sagrou vencedor e a fenomenal Geisla dos Santos, natural de Ilhabela e atual campeã do circuito, voltou a vencer com sobras. Geisla já está, inclusive, confirmada para representar o Brasil no Mundial de trail run do XTERRA, em dezembro, no Havaí.

    2 - FTS SANDRINHA MIDLEJ (489)Geisla dos Santos venceu novamente o Trail Run 21 km. Foto: Sandrinha Midlej

    Uma das modalidades mais esperadas foi o mountain bike. No MTB Cup Sport, levaram a melhor Antônio Santos Barreto e Giuli Meder. No MTB Cup Pro, Edivando de Souza Cruz não deu chances aos adversários e Ana Clara Souza Pie conseguiu uma ultrapassagem espetacular nos últimos metros de prova, deixando Sabrina Gobbo com a segunda colocação. Todos os resultados estão disponíveis no site www.xterrabrasil.com.br.

    Sandrinha Midlej - MTB 21Edivando vibrou com sua primeira vitória no XTERRA em 2018. Foto: Sandrinha Midlej

    Como forma de incentivar a prática esportiva desce cedo, o XTERRA também promoveu a Corrida Kids, que encantou a criançada. “Além de colocar a Bahia mais uma vez no circuito dos esportes off-road, o evento aquece a economia local, deixa hotéis da região com ocupação lá em cima, restaurantes, padarias e negócios locais com um aumento significativo nos lucros, durante todo o fim de semana e deixa ainda mais bela a vila da Praia do Forte. Sem dúvidas foi um primeiro evento e o potencial de sediarmos novamente, é enorme”, disse Guiga Sampaio, diretor da Diva Entretenimento.

    A próxima edição do XTERRA Brazil Tour 2018 será em Ouro Preto, Minas Gerais, nos próximos dias 30 de junho e 01 de julho.

    XTERRA realiza edição inédita neste fim de semana, na Praia do Forte

    O cenário da Praia da Forte é um dos mais lindos do Brasil. Foto: Divulgação XTERRA

    Praia do Forte, no Litoral Norte da Bahia, foi o destino escolhido no Nordeste, para sediar, pela primeira vez, uma etapa do maior festival de esportes off-road do mundo, o XTERRA, que é apresentado pelo SESI e será realizado nos dias 09 e 10 de junho. A iniciativa em terras baianas leva a assinatura da DIVA Entretenimento – produtora com 20 anos de experiência, nos mais variados segmentos, que agora inova, e debuta no segmento esportivo.
    “Será um evento para se desafiar e cuidar da saúde, cercado de uma natureza deslumbrante, no maior evento do planeta, no gênero. O XTERRA não para de se reinventar e tem no seu DNA a inovação e criatividade, trazendo sempre novidades. Tenho certeza que o público baiano vai abraçar o festival e colocar a Bahia no calendário”, afirma Guiga Sampaio, diretor da Diva Entretenimento. As inscrições para participar do evento já estão abertas, através do site http://xterrabrasil.com.br/tour-2018/xterra-camp-praia-do-forte.
    A etapa Praia do Forte contará com oito provas, e entre as modalidades, estão: Triathlon, Trail Runs (7,5 km e 21 km), Swim Challenge (1,5 km e 3 km), MTB Cup Sport (19,4 km), MTB Cup Pro (37,7 km) e a Corrida Kids, para a criançada de até 13 anos de idade. “Sempre é uma emoção a mais quando realizamos uma etapa em um local inédito. Praia do Forte reúne todos os elementos que caracterizam o XTERRA: natureza, desafios e um lugar turístico. Estamos ansiosos para este evento”, comenta Wanise Plischke, gerente do XTERRA no Brasil.
    O atleta Diogo Malagon, campeão do Triathlon no XTERRA Camp Bahia 2017, atual vice-campeão do ranking da modalidade, e campeão do ranking em 2015, está ansioso com a possibilidade de participar da competição: “Tenho uma sequência de provas agora, mas quero muito ir para a Bahia novamente. Ainda preciso decidir, mas a prova já está no meu radar desde o início do ano. Em 2017 eu venci o Camp na Bahia e tive uma experiência incrível. Eu fui achando que a prova seria plana, só areia e tal, mas foi super bem organizada, trajetos maravilhosos, o lugar foi lindo. Já vi fotos da Praia do Forte e acho que será uma etapa tão boa e tão bela quanto a do ano passado. Lugar inédito sempre é mais atrativo também”.

    _XTERRA_BAHIA_TRIATHLON_SABADO_ALTA-5Diogo Malagon venceu a etapa baiana em 2017. Foto: Divulgação XTERRA

    Serviço:
    XTERRA – Etapa Praia do Forte
    Praça de São Francisco, Praia do Forte, Bahia
    09 e 10 de junho de 2018
    Informações e inscrições: http://xterrabrasil.com.br/tour-2018/xterra-camp-praia-do-forte.
    Organização: Diva Entretenimento: Av. Tancredo Neves, 3133, Caminho das Árvores, Salvador Shopping, L2 (Mezanino Loja Chez Cohen).
    Informações: (71) 3334-1530 ou 9 8136-7184 (WhatsApp)

    Chivunk abre vantagem no ranking de assessorias esportivas

    Equipe carioca atinge 321 pontos em duas etapas do circuito XTERRA 2018 e lidera classificação com sobras

    A dois dias de iniciar a 3° etapa do XTERRA Brazil Tour 2018, o ranking de assessorias esportivas continua movimentando uma disputa saudável entre as equipes espalhadas pelo Brasil. Após o XTERRA Brazil, disputado nos últimos dias 12 e 13 de maio, em Ilhabela, o campeonato já contou com a participação de mais de 150 assessorias especializadas na prática esportiva e uma em especial, “rouba a cena”, a carioca Chivunk.
    Com apenas duas etapas válidas até o momento, a Chivunk já levou 193 atletas às provas off-road do grande festival e, por isso, lidera o ranking com 321 pontos, mais de 200 à frente da segunda colocada, a Tricaipiras, maior equipe de triathlon do estado de São Paulo, que computa 99 pontos até o momento. Completando o pódio vem a Sidney Pereira Team, com 70 pontos.
    Confira abaixo as primeiras colocadas:
    1° – Chivunk – 321 pontos;
    2° – Tricaipiras – 99 pontos;
    3° – Sidney pereira Team – 70 pontos;
    4° – Angra Runners – 64 pontos;
    5° – Studio Saúde – 52 pontos;
    6° – Master Fit – 48 pontos;
    7° – Freak Swimmers – 47 pontos;
    7° – Runners da Vila Militar – 47 pontos;
    9 ° – Life 4 Fun – 46 pontos;
    10° – Vem Nadar – 42 pontos;
    11° – WS Consultoria – 35 pontos;
    12° – Equipe G-Ilhabela- 34 pontos;
    13° – Jujuba Radical – 32 pontos;
    14° – Ademir Paulino – 30 pontos;
    14° – Levanta e Vem Treinar – 30 pontos;
    14° – Resende Águas Abertas – 30 pontos;
    As três assessorias que somarem a maior pontuação pelo mix de modalidades ganharão troféus. Além do título, a campeã será premiada com 20 camisas XTERRA, 30 cupons de 20% de desconto e 5 inscrições cortesia (na modalidade com mais inscritos). A vice-campeã receberá 10 camisas XTERRA e 20 cupons de 20% de desconto, enquanto que a terceira colocada levará 10 cupons de 20% de desconto.
    Relembrando o modelo de pontuação:

    • Triathlon / Duathlon / Aquathlon – 3 pontos por atleta (de cada assessoriaa) que largar efetivamente;
    • MTB (Cup ou Enduro) – 3 pontos por atleta (de cada assessoria) que largar efetivamente;
    • Endurance – 2 pontos por atleta (de cada assessoria) que largar efetivamente;
    • Trail Runs (10 km ou 21 km) – 1 ponto por atleta (de cada assessoria) que largar efetivamente;
    • Swim Challenge – 1 ponto por atleta (de cada assessoria) que largar efetivamente;
    MENU