Triatleta de elite, Carol Furriela elogia XTERRA Brazil Tour e promete voltar em 2017

9f78eae2da950f4888b6f7d3f6acd36faf12e9b00eccc144e7pimgpsh_fullsize_distr
Dona de uma extensa carreira internacional, Carol Furriela está entre as mulheres de maior destaque no triathlon nacional. Colecionadora de títulos por onde passa, a paulista aproveitou o ano de 2016 para desbravar o circuito do XTERRA Brazil. Acostumada a correr no asfalto, ela resolveu sair da rotina e experimentar as emoções do maior festival de esportes off road do planeta.
Atleta da alta performance, Carol afirma que teve um ano especial dentro da sua modalidade. No entanto, confessa que o XTERRA Half Trail Run, na etapa de Ilhabela, também ganhou um lugar de destaque em sua lista.
“Em 2016 tive uma das melhores experiências dentro do triathlon, em 10 anos que pratico esse esporte. Nunca havia feito uma prova de corrida off road. Os 21km do XTERRA Ilhabela são sensacionais, desafiadores e extremamente dolorosos. Em especial no outro dia (risos)”, declarou.
Tendo competido no revezamento do XTERRA Triathlon, XTERRA Night Swim Challenge e XTERRA Half Trail Run, Furriela fez questão de analisar todos os detalhes do evento. O fato de estar pela primeira vez uma competição off road exigiu alguns cuidados. Satisfeita, ela garante que estará de volta para o XTERRA Brazil Tour 2017.
“O circuito é bem técnico, com muita subida, descida, mata bem fechada. Acho que a principal dificuldade foi nessa parte da mata fechada, onde normalmente tem bastante pedra, limo e a claridade não ajuda tanto. É necessário estar 100% concentrado para não se machucar. Coisa que quem vem do asfalto, muitas vezes não encontra. É só fazer força e segurar o pace! Vale muito a pena o desafio e espero estar presente em 2017 novamente”, garantiu.