39.0481, -77.4728
  • 20 e 21 de outubro

    Camp Praia do Rosa

    Imbituba – SC

    -28.226547, -48.668486 Inscreva-se Saiba Mais
  • 10 e 11 de novembro

    Camp Ilha do Mel

    Ilha do Mel – PR

    -25.517005, -48.334969 Inscreva-se Saiba Mais
  • 01 e 02 de dezembro

    PARATY

    Paraty - RJ

    -23.212859, -44.711337 Inscreva-se Saiba Mais
  • 9 e 10 de Fevereiro

    Costa Verde 2019

    Mangaratiba - RJ

    -22.949793, -44.074256 Inscreva-se Saiba Mais
  • x
  • Descontos
  • Cadastro feito com sucesso!

    OK
    x

    Cadastre-se e fique
    por dentro do mundo XTERRA!

    Quais as suas modalidades de interesse?

    x

    Fale conosco!

    Sua mensagem foi enviada com sucesso!

    Robert Utsch, embaixador XTERRA, fala sobre seus bons resultados em 2015 e as provas mais marcantes

    Quero começar agradecendo! Primeiro a Deus, por me dar saúde e forças para praticar este esporte que já iniciei há 5 anos, e agradecer a Equipe X3M, pelo convite de ser o embaixador XTERRA Brasil no ano de 2015.
    Fiquei muito feliz e honrado com a lembrança e o convite, pois para mim foi muito importante pessoalmente e profissionalmente.
    Tive a oportunidade de ministrar o Treinão em Tiradentes, um experiência incrível, com muita chuva, barro e adrenalina, uma forma XTERRA de ser.
    Minha primeira prova XTERRA foi dentro de casa, na cidade de Ipatinga – MG, no ano de 2011. Estreei com pódio na categoria 30/34, sendo 3º. De lá para cá, foi amor à primeira vista, pois pude participar do Circuito off-road mais bem organizado do Brasil.
    Este ano de 2015, tive a oportunidade de participar de quatro Etapas do XTERRA Brasil, sendo a primeira a Etapa Mundial Triathlon em Ilhabela, Etapa Duathlon Ouro Preto, Etapa Duathlon Tiradentes e Etapa Triathlon Camp Juiz de Fora.
    Consegui pódio em todas elas na categoria, conseguindo ficar entre os 10 melhores nesta modalidade tão forte e concorrida que é o XTERRA Brasil.
    Termino o ano muito contente com minha participação, com a organização e todo o diferencial que o XTERRA teve este ano, em comemoração aos 10 Anos no Brasil.
    Muita inovação, muito trabalho, muito esporte e diversão que fez com que milhares de pessoas pudessem sentir pela primeira vez, ou reviver, a sensação sempre indescritível de participar desta modalidade tão diferenciada, que é o XTERRA.
    Parabéns XTERRA Brasil o aniversário de 10 anos foi showwww!

    Dica Exceed: sucos refrescantes e nutritivos para o verão

    No verão intensificar a hidratação é fundamental para o nosso organismo. Suamos mais, perdemos mais água e sais minerais e por isso a introdução de sucos no dia-a-dia pode ajudar a repor esses nutrientes. Seja criativo e adicione além das frutas, as hortaliças, as sementes e os chás, isso tornará seu suco mais rico e funcional.
    Para ajudar, vão algumas receitas:
    Suco verde: 2 fatias de abacaxi + suco de 1 limão + 10 folhinhas de hortelã + 2 folhas de couve manteiga + ½ copo de água gelada + gelam. Preparo: Bata todos os ingredientes no liquidificador, adoce à gosto. Rendimento: 400 ml – 2 copos
    Suco vermelho: ½ mamão papaya + 1 goiaba vermelha + ½ beterraba + 1 limão + 3 xícaras de água. Preparo: Bata todos os ingredientes no liquidificador e sirva imediatamente. Rendimento: 1 litro – 4 copos cheios
    Delícia de maracujá: 400 ml de água de coco + polpa de 1 maracujá + 1 fatia fina de gengibre. Preparo: Bata os ingredientes no liquidificador, acrescente gelo e sirva. Rendimento: 480ml – 2 copos.
    Maravilha de manga: 1 manga + ¼ de limão s/ casca + 3 xícaras de água mineral gelada. Preparo: Pique a manga e reserve; descasque o limão e bata no liquidificador, juntamente c/ os demais ingredientes. Rendimento: 750ml – 3 copos cheios.
    Super Cálcio: 2 fatias de melão com a semente (coar) + 1 copo grande de chá de erva doce. Preparo: Bata todos os ingredientes no liquidificador e sirva em seguida. Rendimento: 480ml – 2 copos.

    Dica Exceed: Atenção atleta! No verão, fique atento à hidratação

    Já é conhecida a necessidade de beber mais água durante o verão, afinal, nosso corpo mostra essa necessidade com o aumento da sede. Mas os atletas, principalmente que praticam atividades de longa duração, alta intensidade e em locais sem o controle da temperatura, devem evitar que a sede chegue e dar a devida atenção a ingestão de líquidos.
    Tradicionalmente a recomendação de líquidos para atletas segue o seguinte protocolo:
    · Cerca de 2 horas antes do exercício deve ser feita a ingestão de 500ml de líquido.
    · Durante o exercício em períodos de 15 à 20 minutos quantidades regulares de líquidos devem ser ingeridas, cerca de 200ml.
    · A adição de carboidratos e eletrólitos irão garantir energia extra, eficácia na hidratação e evitar hiponatremina (perda excessiva de sódio), garantindo a manutenção da performance. Por isso, repositores hidroeletrolíticos, como o Exceed SportDrink Elite  são frequentemente indicados.
    · Após a atividade física a ingestão de líquidos deve ser contínua durante todo o dia, associado também à alimentos hidratantes como as frutas, para reequilibrar os nutrientes perdidos.

    Artur Pedroza, campeão do ranking do Swim Challenge, é treinador de natação e teve que conciliar as tarefas de técnico com de atletas

    Eu sempre achei as provas do XTERRA interessantes por serem desafiadoras e com percursos diversificados.
    Minha primeira prova foi em 2014 em Mangaratiba, onde fui campeão geral.
    Em 2015 fiz todas as quatro etapas, vencendo três e vice-campeão em uma. A história mais marcante foi na primeira etapa, em Paraty, quando eu consegui levar pela primeira vez a equipe Resende Águas Abertas, a qual, além de atleta sou coordenador técnico, para participar de uma prova do XTERRA.
    As provas deste ano foram bem desafiadoras, sempre com uma inovação. Elas exigiam boa orientação do atleta, determinação e coragem, principalmente para enfrentar o píer de Ilhabela e a prova Noturna de Mangaratiba, que para mim, foi a mais desafiadora.
     
    Ganhar o título foi recompensador. Conciliar treinos, trabalho e família não é nada fácil.
    Em 2016, pretendemos, eu e a equipe Resende Águas Abertas  pretendemos disputar todas as etapas do circuito. Além do título individual, pretendemos buscar o título por equipe (caso tenha esta disputa).

    Dica Exceed: Exagerou na ceia? Saiba como desintoxicar!

    Se nessa ceia você abusou na comida e na bebida saiba que seu organismo está tentando eliminar esses excessos. Um órgão que deve estar trabalhando pra valer nesse momento é o fígado, ele é responsável por filtrar e metabolizar todas as bobagens que você coloca na boca e quando sobrecarregado, a dor de cabeça é certa. Por isso, que tal ajudá-lo a trabalhar adicionando alguns alimentos na sua dieta?
    Uma classe de hortaliças, as crucíferas, é super benéfica para o fígado. Elas possuem um composto chamado glucosinolato que ativam as enzimas de destoxificação no fígado, auxiliando seu funcionamento. Dentre elas estão: a couve-flor, o espinafre, a couve, a rúcula, o repolho, o agrião, a mostarda, o nabo e o rabanete.
    Outro alimento interessante para o fígado é o abacate, ele possui nutrientes que ajudam o corpo a produzir uma substância chamada glutationa, a qual é indispensável na hora do fígado limpar as toxinas que fazem mal ao organismo.
    O alho também participa da destoxificação, suas altas quantidades de alicina e selênio, dois compostos naturais, também ativam enzimas, melhorando o funcionamento do fígado.
    A laranja e o limão também ajudam, pois possuem alto teor de vitamina C, que é antioxidante e protege nossas células, porém algumas pessoas são sensíveis à cítricos e a dor de cabeça pós-excessos pode intensificar.
    O mesmo vale para o chá verde, que apesar das catequinas que auxiliam na desintoxicação ele possui cafeína, que pode gerar dores de cabeça em pessoas sensíveis.
    Por fim, beba muita água! Nada mais destoxificante que água para ajudar a enxaguar e eliminar todos esses resíduos nocivos ao corpo.

    Dica Exceed: enfiar o pé na jaca nas festas de final de ano não é benéfico para o organismo

    Final de ano muitas vezes é visto como momento de enfiar o pé na jaca quando se trata de alimentação. Isso não é benéfico para o organismo e pode acarretar em alteração da composição corporal e perda de performance.
    A combinação de carboidratos refinados e gordura que encontramos na rabanada, por exemplo, é a a principal responsável pelo ganho de peso, ela altera a química cerebral gerando um mecanismo de compensação, fazendo-o se tornar um “viciado” nessa combinação, atrapalhando assim aquela promessa de ser saudável no próximo ano.
    O excesso de álcool é nocivo para o organismo e a embriaguez nada mais é do que uma resposta cerebral à intoxicação. O alcool gera perda de água e sais minerais no organismo, resultando em desidratação e prejudicando a atividade contátil dos musculos, ele também depleta as reservas de glicogênio muscular e do fígado e reduz também a capacidade de captação de glicose pelos mesmos prejudicando a utilização desse substrato nas atividades físicas. Tudo isso resulta em redução do desempenho, tanto de força ou resistência, além de alterar funções de memória, tempo de reação, coordenação e equilíbrio.
    Por isso, se quiser manter a saúde em 2016 faça boas escolhas alimentares desde agora, coma proteína magra como a carne de peru sem pele, invista nas gorduras do bem com as nozes e oleaginosas e nas fibras com as frutas secas e caso faça a ingestão de álcool se limite à uma dose, de preferência de vinho e hidrate-se com água. Seu corpo agradece.

    Beatriz Puciarelli começou no XTERRA em 2013 e lutou muito para conquistar o título do Swim Challenge

    O XTERRA foi uma das minhas primeiras competições. Comecei em 2013 quando eu tinha 15 anos e foi bem legal ver a minha evolução e o crescimento desse grande evento.
    Adorei participar das provas desse ano, cada etapa com uma característica e emoção diferentes.
    A etapa de Ilhabela foi sensacional, um lugar lindo que proporcionou uma bela vista durante a prova, com certeza foi uma das mais diferentes, pois, contou com o grande desafio da etapa que foi: o salto do píer.
    A etapa noturna em Mangaratiba foi de longe minha preferida, amei encarar o mar à noite, uma experiência única e incrível que com certeza eu faria novamente, afinal, peixe que é peixe nada sob a luz do sol e sob a luz da lua, não é?
    Troquei de equipe no meio desse ano e pensei que demoraria um pouco pra me adaptar com os novos treinos, mas, para minha surpresa a adaptação foi rápida e me ajudou bastante.
    As conseqüências foram os ótimos resultados conquistados. Fiquei muito feliz com o título de campeã do Ranking do Swim Challenge 1,5K, foi fruto de muito esforço, treinos e dedicação de toda minha equipe.
    Meu objetivo e expectativa para 2016 é melhorar meus treinos e condicionamento para melhor rendimento e desempenho na água, sempre buscando o melhor resultado possível e superando meus limites, para que o ano de 2016 venha com muitos títulos e ótimas conquistas.  Quero tentar manter o título de campeã do Ranking do Swim Challenge 1,5K em 2016.

    André Castelucio estreou no Swim Challenge e começou com o pé direito com o título do ranking 2015

    Minha história no XTERRA começou apenas esse ano. Voltei a nadar em 2012 depois de 11 anos parado. Em 2014 comecei a competir pela Mackenzie/Navegantes, equipe de maratonas aquáticas do Rio de Janeiro, que treina no posto 6 em Copacabana, sob o comando do técnico Renato Ribeiro. Em virtude de outras competições que já estavam previstas no nosso calendário, não pude participar das provas em 2014.
    Tive a oportunidade de participar de quatro provas este ano:
    Na primeira delas, em Paraty, cheguei em 1º lugar. O percurso foi em zigue-zague, relativamente simples, mas bastante diferente do que estou acostumado a nadar.
    Na segunda prova um desafio diferente: uma corrida de uns 200 metros e um salto de um píer no meio do percurso. Uma emoção a mais. Esta prova aconteceu em Ilhabela e consegui o 2º lugar no pódio.
    Em Mangaratiba ocorreu a 3ª etapa. Para mim, a etapa mais desafiadora de todas, pois além de ter sido uma prova noturna onde a atenção foi redobrada, eu estava retornando de férias e com uma lesão no ombro. Nessa prova fiquei apenas na 6ª colocação, mas mesmo assim consegui garantir o titulo do ranking dentro da minha categoria – 30 a 39 anos, deixando a decisão para o ranking geral absoluto para a última prova, que aconteceu em Juiz de Fora.
    Em uma prova bastante disputada desde o início terminei minha participação no circuito da mesma forma que iniciei, com uma vitória.
    Quando decidi nadar a primeira prova em Paraty, eu queria apenas participar do XTERRA, por ser um evento bastante conhecido e de fato não sabia que existiria um ranking para o Swim Challenge. Inclusive demorei tanto para me inscrever na competição que quando fui ver só tinham vagas para a prova de 1.5Km e na verdade eu iria nadar a de 3Km.  No final das contas tudo deu certo, e sair vencedor deste circuito onde as provas sempre tiveram uma surpresa e um nível de dificuldade diferente do que estou acostumado foi muito bom.
    Para 2016, pretendo fazer o circuito novamente, torcendo para que sejam provas tão interessantes quanto foram nesse ano, defendendo o título e se possível tentando me manter no topo.

    Eder Nunes cansou do asfalto, estreou no XTERRA em 2015 e já faturou o título da Run 21k. Conheça a história do atleta

    Eu estava enjoado das corridas de rua e decidi me aventurar em outro de tipo de prova e através de outros atletas conheci o XTERRA.
    Meu começo foi duro, na primeira prova eu não estava pronto para corrida de montanha, sofri com uma torção no dedo de pé mais fiquei satisfeito com o resultado.
    As provas foram todas duras uma mais dura e desafiadora que a outra, mas na minha opinião a mais difícil foi a de Ouro Preto com muitas pedras.
    Estou muito feliz por participar de um evento de grande qualidade e espero que no próximo ano eu possa estar no mais alto do pódio novamente.

    Nossa embaixadora, Roberta Stopa, é bicampeã do ranking do MTB XTERRA. Conheça a história da atleta

    Minha história com o XTERRA começou na minha cidade no Camp Juiz de Fora em 2012 e de cara gostei do formato e carinho que a marca tem com os atletas profissionais e amadores. Em 2013 fiz meu 1º XTERRA Tiradentes e venci a prova. Em 2014 resolvi correr o circuito e fechei o ano como campeã do ranking XTERRA 2014. Em 2015 fui nomeada embaixadora XTERRA Brasil e é uma honra poder carregar comigo esse título tão importante. Sem contar que em 22 anos de carreira nunca fui homenageada (valorizada) dessa forma. As etapas de Tiradentes realmente são as mais marcantes para mim, competi 3 anos e venci os 3, com todas as adversidades climáticas.
    Os desafios de 2015
    XTERRA Paraty – Etapa desafiadora onde o percurso se resume numa subida longa e numa descida com algumas trilhas fechadas e técnicas.
    XTERRA Ilha Bela – Minha 1ª participação, lugar lindo e o mais difícil foi realmente dar duas voltas no percurso onde passávamos por cachoeiras, trilhas fechadas, centro da cidade e areia da praia.
    XTERRA Ouro Preto – Essa eu já conhecia algumas partes do percurso por correr outras provas na região, mas com certeza essa ficou marcada com a largada em uma subida longa e muito íngreme e depois estradas de terra de alta velocidade passando por algumas trilhas com muitos cascalhos.
    XTERRA Tiradentes – Etapa que eu mais me identifico, venci os 3 anos que competi e tem de tudo um pouco.
    A conquista do título
    Finalizar o circuito XTERRA em casa e com 100% de certeza desse título ser meu não tem nada mais gratificante, saber que o trabalho de todo o ano deu certo e que honrei o título de embaixadora XTERRA 2015 é muita felicidade junta. Espero poder dar continuidade nesse trabalho que amo fazer em 2016 e que possa continuar levando comigo esse espírito de atleta XTERRA.
    Feliz de ter terminado a temporada em casa com vitória e melhor ainda com mais um título na carreira, bicampeã do circuito XTERRA 2014 e 2015, espero poder continuar deixando legados para modalidade, incentivando as mulher na prática do mountain bike e claro continuar colecionando títulos enquanto meu corpo agüentar.
    Esse ano fui intitulada Embaixadora do XTERRA e espero ter retribuído com o mesmo carinho que  recebe de toda família XTERRA e que 2016 possamos estar juntos em mais uma temporada de sucesso, dentro e fora das pistas.

    Proudly powered by WordPress | Theme: xterra by Underscores.me.
    MENU