39.0481, -77.4728
  • 20 e 21 de outubro

    Camp Praia do Rosa

    Imbituba – SC

    -28.226547, -48.668486 Inscreva-se Saiba Mais
  • 10 e 11 de novembro

    Camp Ilha do Mel

    Ilha do Mel – PR

    -25.517005, -48.334969 Inscreva-se Saiba Mais
  • 01 e 02 de dezembro

    PARATY

    Paraty - RJ

    -23.212859, -44.711337 Inscreva-se Saiba Mais
  • 9 e 10 de Fevereiro

    Costa Verde 2019

    Mangaratiba - RJ

    -22.949793, -44.074256 Inscreva-se Saiba Mais
  • x
  • Descontos
  • Cadastro feito com sucesso!

    OK
    x

    Cadastre-se e fique
    por dentro do mundo XTERRA!

    Quais as suas modalidades de interesse?

    x

    Fale conosco!

    Sua mensagem foi enviada com sucesso!

    Dica EXCEED: Quer turbinar o organismo? Aposte nos fitonutrientes!

    Fitonutrientes ou fitoquímicos são substâncias presentes especialmente em vegetais e caracterizam-se por uma nova classe de nutrientes. Não são nem vitaminas e nem minerais, são substâncias não essenciais, mas com um potencial antioxidante que além de proteger as células dos radicais livres podem ajudar em diversos processos bioquíminos no nosso corpo.
    Basicamente os fitonutrientes servem para proteger os próprios vegetais de fatores externos como clima e pragas, por isso a tendência é os orgânicos possuirem maiores teores dessas substâncias, pois esses vegetais estão mais expostos ao agressores.
    Dentre os fitoquímicos mais estudados encontram-se Compostos Organossulfurados, Carotenóides e Flavonóides, como Antocianinas, Isoflavonas e Catequinas. Cada um apresenta afinidade por um grupo de órgãos ou sistemas, oferecendo proteção extra para estas células.
    O interessante é oferecer ao organismo uma boa dose de todos eles por meio de ingestão de frutas, verduras, legumes e especiarias, de preferência crus e orgânicos.
    Alguns exemplos:

    Cor Substância Ação Fontes
    Laranja e Amarelo Betacaroteno Fortalece o sistema imunológico Mamão, damasco, laranja, melão amarelo, abacaxi
    Vermelho Licopeno Previne doenças do coração e câncer, incluindo o de próstata Tomate, goiaba vermelha, melancia
    Verde Luteína e zeaxantina Protegem os olhos, desintoxicam o corpo, regulam a pressão e reforçam o sistema imunológico, o sistema circulatório e o músculo cardíaco Brócolis, couve, repolho, mostarda, acelga, kiwi
    Azul e Roxo Antocianina Previne contra doenças cardiovasculares, reduz o colesterol e previne contra o câncer. Berinjela, repolho roxo, amora, uva rosada, etc.
    Branco Alicina Combate infecções e contribui para a redução do colesterol, triglicérides e pressão sanguínea. Cebola, alho, cebolinha, alho-poró

    Isabela Pinheiro é nutricionista da Advanced Nutrition. Graduada em Nutrição pela Universidade Federal do Fluminense (UFF), Pós Graduada em Nutrição Funcional pelo Instituto Valéria Paschoal de Ensino (VP Consultoria).

    Laura Mira Dias confirma as expectativas e fica em 4º no XTERRA Costa Rica

    Laura Mira Dias confirmou as expectativas e ficou em quarto lugar no XTERRA Costa Rica que aconteceu hoje. A prova foi muito difícil com sol escaldante, mas a guerreira brasileira conseguiu superar todos os obstáculos.
    Leia o depoimento da atleta:
    “Fiquei em 4º e garanti meu lugar no pódium! Estou muito feliz pois foi uma prova duríssima onde acabei colocando todas minhas forças metais e físicas em teste. O calor foi de matar e faz da prova uma competição muito intensa. Estou muito feliz com este resultado. Tive que dar meu máximo para alcançar,”conta Laura.
    O resultado da prova feminina foi:
    Lesley Peterson ESCOCIA (1),
    Emma Gerrard INGLATERRA (2),
    Sarah Maclark EUA (3),
    Laura Mira Dias BRASIL (4)
    Christine Jeffrey (5).
    Resultado completo na página XTERRA Costa Rica.

    Atleta de elite do MTB, Edivando Souza Cruz, dá dicas para uma boa prova em Paraty

    O atleta Edivando de Souza Cruz está confirmado no MTB CUP XCM do XTERRA Paraty. Edivando é atleta Olímpico de Mountain Bike, Medalhista em Jogos Panamericanos, Sulamericanos, Campeão Brasileiro de XCO e XCM/Elite.
    “Competi em Paraty em 2014 e para mim foi ótimo, pois o circuito é muito familiar, as trilhas são semelhantes ao circuito em Ilhabela, onde moro, mas com algumas características diferentes.
    Em Paraty a prova começa mais plana, isso é bom para o atleta chegar nas subidas mais fortes, que ficam no meio do circuito, mais aquecido. Nesse percurso de Paraty temos um misto de asfalto, estrada de terra e trilhas que exigem bastante técnica e preparo dos pilotos. É um percurso desafiador,  é preciso dosar as energias. A segunda metade da prova é onde está concentrada a maior seqüência de subidas, é onde a prova se define. Na parte final entramos num trecho de muita velocidade e terminamos no centro da cidade onde andamos sobre as ruas de pedras. Se você entrar no local errado pode perder segundos precisos. No ano passado fiquei em 3º lugar nesta etapa e acredito que este ano teremos novamente uma prova bem disputada. Já estamos numa fase onde todos os pilotos estão com ritmo e resultado. Esta prova é super importante para quem quer disputar o título do ranking  do XTERRA MTB CUP.”

    Laura Mira Dias vai competir nesse final de semana no XTERRA Costa Rica. Leia a entrevista sobre as expectativas da atleta

    “A Costa Rica é um país incrível. As pessoas são muito amigáveis e cordiais. Uma energia positiva onde quer que vá. Sem falar nas belíssimas paisagens e a grande experiência de estar entre os melhores atletas num lugar tão maravilhoso.Definitivamente uma viagem inesquecível a se fazer.
    Cheguei na sexta-feira na Costa Rica para disputar uma das etapas do circuito mundial XTERRA World Tour. A prova acontecerá no próximo domingo, dia 29, no Resort Reserva Conchal com largada prevista para as 06h30 da manhã, 10h30 no horário de Brasília.
    Disputarão o triathlon importantes nomes da elite mundial:
    Emma Garrard, EUA Top 5, Christine Jeffrey, Canadá, Top 5. Lesley Patterson, Escocia, 3x campea mundial (XTERRA e ITU), Sara McClarty, conhecida como a nadadora mais rápida do mundo do triathlon.
    No masculino grandes nomes que figuram entre os Tops do mundo na modalidade: Rom Akerson (Costa Rica), Josiah Middaugh (Vice campeão mundial XTERRA e ITU), Maurício Mendez (México), Sebastian Neef (Alemanha), Nikolas Daimer (Alemanha), Fabrico Guideli (Itália) dentre outros que completam um grupo de 300 atletas inscritos na prova.
    Serão 1,5 km de natação nas belas e azuis águas do oceano Pacífico, 30km de mountain bike pelas acidentadas trilhas do resort finalizando com 10km de corrida em trilha sob o forte calor da Costa Rica.
    Minha expectativa é pode estar entre as cinco primeiras colocadas, o que não será uma tarefa fácil devido ao mais alto nível da prova.
    Iniciei o ano em recuperação de lesões após meu acidente de bike em competição no fim da temporada ano passado.
    Minha participação nesta prova era questionável. Mas não poderia recusar o convite da organização do evento. E como toda experiência é muito válida. Venho para dar meu melhor e aprender com as melhores do mundo na modalidade. É sem dúvida uma oportunidade incrível de onde sempre volto muito fortalecida e inspirada.
    A realidade fora do país é outra e é muito bom conhecer novos parâmetros.
    Ano passado tive a oportunidade de correr aqui e finalizei em 4º lugar. Este ano o páreo está ainda mais duro e será uma forte disputa já que além do alto nível a prova em si é muito desafiadora.
    Todo o evento poderá ser acompanhado pelo site oficial (costaricaxterra.com) ou página do Facebook XTERRA Costa Rica, com transmissão ao vivo doe evento na Triathlon TV.
    Saiba tudo sobre a prova na minha página do Facebook Laura Mira ou no Instagram @laurinhamira onde postarei fotos e noticias”, conta Laura Mira Dias.

    Últimas vagas para o XTERRA Paraty. Swim Challenge e Triathlon ainda tem inscrições abertas

    Conhecida mundialmente e considerada Patrimônio Histórico Nacional, Paraty recebe pelo segundo ano consecutivo o maior festival de esportes outdoor do planeta! Amantes do MTB poderão percorrer trechos do centro histórico e ter a sensação de estar entrando em uma outra época. Os triatletas terão um desafio em dose tripla se aventurando pela Mata Atlântica.
    Não perca tempo e garanta seu lugar nas provas que ainda têm vagas do XTERRA Paraty dias 11 e 12 de abril.
    XTERRA Triathlon, MTB CUP XCM e Swim Challenge Sprint (1,5K) e Endurance (3K).
    Corra e não fique de fora desse desafio pelo mar e trilhas de Paraty.
    Aproveite e garanta seu lugar! Últimas vagas!
    CLIQUE AQUI E INSCREVA-SE

    Dica EXCEED: O que comer durante as atividades de longa duração? Veja as dicas da nossa nutricionista

    Muitas dúvidas surgem em relação a carga de treinos e atividades qual tipo de suplementação usar.
    Treinos curtos e atividades de, cerca de 40 minutos, de intensidade moderada não necessitam muito mais além de boa alimentação e hidratação, mas a medida que a intensidade aumenta, ou seja, treinos de mais de uma hora ou 10km, as reservas energéticas musculares e hepáticas (o glicogênio) começam a reduzir causando queda no rendimento, por isso a cada hora de treino intenso é interessante repor essa energia.
    Para isso alguns atletas lançam mão de doces como bananinha e paçoca, que podem ser difíceis de digerir durante a atividade levando a desconforto abdominal.
    Já o uso de suplementos como géis de carboidrato ou isotônicos que contenham carboidratos, podem ser melhores opções, pois além de serem fáceis de carregar e ingerir, possuem quantidades controladas dos nutrientes. Dentre os carboidratos utilizados, os de rápida absorção são os mais indicados, como a maltodextrina e a dextrose e cerca de 30g são o suficiente para garantir mais uma hora de treino.
    De qualquer forma, comer adequadamente principalmente nos momentos de descanso e recuperação fará sem dúvida toda a diferença nos treinos e competições.
    Isabela Pinheiro é nutricionista da Advanced Nutrition. Graduada em Nutrição pela Universidade Federal do Fluminense (UFF), Pós Graduada em Nutrição Funcional pelo Instituto Valéria Paschoal de Ensino (VP Consultoria).

    Dica EXCEED: Para que o corpo suporte uma rotina forte de treinos fique atento a recuperação

    Para que o organismo suporte uma rotina de treinos, que provoca diversas alterações metabólicas, a atenção à recuperação é muito importante.
    Recuperação entende-se como “a habilidade de restaurar com eficiência os sistemas biológicos para a performance desportiva”. Então fica evidente que uma recuperação inadequada implica na piora do desempenho, já que essa restauração fica incompleta.
    Há uma série de estratégias para recuperação, que vai desde variação de treinos, sono adequado até utilização de meias de compressão, por exemplo. Na alimentação fica a responsabilidade de repor nutrientes perdidos e reestabelecer a fisiologia e a bioquímica natural do corpo.
    Diante de diversas pesquisas alguns protocolos foram definidos quanto a quantidade de nutrientes para cada modalidade, quais as melhores combinações e períodos para ingerí-los e qual melhor fonte destes.
    Nas atividades de endurance, por exemplo, a recuperação dos estoques de energia no tecido muscular, o glicogênio, é uma das mais estudadas e um consenso foi aprovado de que a proporção de 4 unidades de carboidratos junto de 1 unidade de proteína, associados à vitaminas e minerais antioxidantes provoca redução dos efeitos metabólicos da atividade física, recupera o glicogênio muscular e melhora o desempenho em treinos futuros. Por isso investir em suplementos do tipo “recovery”, ou de recuperação, como o Exceed Restore4 após os treinos se tornou prática interessante para os que buscam melhora da performance.
    Isabela Pinheiro é nutricionista da Advanced Nutrition. Graduada em Nutrição pela Universidade Federal do Fluminense (UFF), Pós Graduada em Nutrição Funcional pelo Instituto Valéria Paschoal de Ensino (VP Consultoria).

    X-MAN: Eliana corria desde 2011, mas nunca tinha saído do asfalto. De férias em Búzios ela resolveu se desafiar nas trilhas e se apaixonou pelo of-road

    Eliana Cunha é psicóloga, pedagoga e atleta amadora, moradora da Tijuca, no Rio de Janeiro. Pratica corrida há 3 anos e gosta do esporte pelo prazer que ele proporciona e não pelo resultado ou competição. Em 2014, depois de algumas meias maratonas, que resolveu experimentar uma corrida off-road.
    “Fui motivada pelo novo, pois já sabia do meu potencial no asfalto. Queria sentir o corpo enfrentando um terreno variado e com atletas de fato treinados” explica Eliana.
    Em 2014 ela estava de férias e resolveu ir para o XTERRA Búzios correr a Night Run de 21km e ter a sua primeira experiência longe do asfalto.
    “Quando foi dada a largada, parti, certa de que seria uma ótima corrida. Estava tomada pela adrenalina do evento noturno. E foi encarando pirambeiras e comendo poeira que cheguei em 4º lugar geral, sendo a 1º na categoria 35-39. Esse 4º lugar teve um gosto bom, já que o pódio foi ocupado pelas atletas (Geisla, Maria Lúcia e Vanessa Moura) vencedoras do ranking 2014. Só feras. Foi a melhor experiência nesses 3 anos de corrida!!”, relembra Eliana.
    Depois disso a pedagoga intensificou a dieta e os treinamentos e está disposta a buscar resultados ainda melhores.
    Para 2015 ela quer mais XTERRA.
    “XTERRA para mim significa desafio e adrenalina! Que o XTERRA é uma das melhores provas para sentir a emoção à flor da pele, ou seja, suar, chorar e rir”, comenta a psicóloga.

    Roberta Stopa explica todos os macetes para se dar bem no MTB do XTERRA Paraty

    Quando escutamos falar em provas de MTB nas cidades ao nível do mar sempre temos a sensação de que não vai ter subidas, mas em Paraty é bem diferente.
    Considerada Patrimônio Histórico Nacional, Paraty recebe pelo segundo ano consecutivo o XTERRA. Atletas do mountain Bike poderão percorrer trechos do centro histórico e montanhas da região, isso mesmo montanhas que chegam a quase 380m acima do nível do mar.
    Paraty tem diversão, desafio, turismo e percurso com diferentes terrenos, paralelepípedo, estrada de terra, trilhas fechadas no meio da mata atlântica e downhills fortes.
    Aconselho todos os atletas, profissionais e amadores a se hidratarem bem devido à umidade relativa do ar na região e a temperatura que costuma ser alta.
    A prova começa num plano de alta velocidade onde os terrenos se alternam em asfalto, estrada de terra, paralelepípedo e trilhas que nos levam próximos do km 20 da prova, no km 22 a brincadeira começa a ficar séria e é onde se separam as crianças dos adultos.
    Começamos a subir montanhas e se intercalam trechos em asfalto, estrada de terra, trilhas fechadas e técnicas.
    Para vocês terem uma idéia em 2014 competi com a relação, coroas 26/36 e cassete 11/36 e passei maus momentos em algumas dessas subidas que ficam aproximadamente no km 28, passei por alguns atletas que estavam com apenas uma coroa de 36 dentes e cassete 10/42 que estavam empurrando, só ai já da pra sentir a inclinação.
    Mas tudo que sobe tem que descer e ai vêm à diversão, altos downhills de tirar o fôlego, técnicos, travados, inclinados e velozes em mata fechada até chegar à parte baixa do percurso onde entramos num plano de velocidade com um pequeno topete de asfalto antes da chegada.
    Estamos esperando por vocês dia 12 de abril.

    CLIQUE AQUI E  INSCREVA-SE PARA PARATY

     

    Proudly powered by WordPress | Theme: xterra by Underscores.me.
    MENU